Adama -Telos I – Capítulo 9 – por Adama

Queridos irmãos! SOU ADAMA!

Hoje vou falar do capítulo 9 do livro Um de Telos, sobre os animais.

Deus Pai/Mãe, em sua infinita sabedoria, criou vários seres no universo. E por que tantos seres, por que tanta diferença? Digamos que é preciso que cada ambiente, cada orbe, possua os seres apropriados para aquela energia, para aquele grau de evolução, para aquela caminhada. Sim, cada orbe também tem a sua história de evolução e a sua caminhada, nada é criado em vão, nada é criado sem propósito.

Até um microrganismo que vocês não veem tem a sua função. Tudo no universo tem função. Nada é ou foi criado por mero prazer, não da parte de Deus Pai/Mãe. Tudo o que ele cria tem um propósito, tem uma razão, e sempre o objetivo final é o equilíbrio. Cada ser tem a sua forma de viver, a sua forma de se reproduzir. Alguns rastejam, outros voam, outros caminham, outros vocês não veem, mas estão em todo lugar. E dentro de um ambiente totalmente em equilíbrio nada se desenvolve de forma irregular ou de forma a atingir outra espécie. Tudo tem equilíbrio.

O tempo de gestação dos animais, o tempo de reprodução, tudo tem equilíbrio, mas não o equilíbrio que vocês conhecem hoje. Como que vocês passaram a encarar os animais no seu planeta? São diferentes, alguns fortes, outros fracos, e os mais fortes têm sempre sido molestados, maltratados, abusados na sua força para servir ao homem. Por quê? “Porque é um animal. Não tem razão dele existir. Então podemos fazer com ele o que quisermos. O que ele traz de bom para o planeta, o que ele traz de bom para mim? Então eu posso fazer com ele o que eu quiser?” Assim vocês olham os animais, como seres que podem servi-los da forma que vocês quiserem.

Mas como eu disse no início, nada é criado por Deus Pai/Mãe para ser inferior ou para ser superior. Cada ser tem o seu caminho de evolução, tem a sua propriedade de evolução. Os animais escolheram vir para a Terra dentro do amor a eles imputado, só que também os animais foram manipulados, porque se assim não o fosse não haveria o medo, não haveria a caça, não haveria a matança, não haveria a exploração, porque os animais não os incomodariam, vocês nem iriam saber que eles existiam.

Então eles foram mudados para se atacarem e com isso o desequilíbrio começou no planeta também. E toda a sorte de atrocidades e maldades são cometidas contra esses seres, amados tão profundamente por Deus Pai/Mãe como a qualquer ser pensante ou que tenha consciência. Mas vou fazer uma ressalva: muitos acham que os animais não têm consciência. Eles podem não ter consciência como nós humanos, mas eles têm a consciência da função deles, têm a consciência do que fazer para se alimentar, do que fazer para sobreviver, do que fazer para se reproduzir. Se não tivessem consciência seriam robôs que precisaria de alguém que lhes dissesse o que fazer.

Cada pequeno pássaro que nasce, após um breve período de ensinamento já está voando, porque ele tem esta consciência de que faz parte da sua natureza voar. Então eu lhes pergunto: O que vocês esperam dos animais? Como cada um de vocês olha para um animal? Com raiva, com medo, indiferença? Como, como vocês olham? É claro que não são todos, mas vocês aprisionam seus animais, vocês colocam correntes, gaiolas, e como que o animal se sente? Feliz? Você gostaria de estar preso? Ele também não. Mas vocês ainda têm este hábito. E muitos com a… com aquela ideia de que… “Ah, mas se eu soltá-lo ele vai morrer na natureza”. É melhor morrer livre do que dentro de uma gaiola.

Não se esqueça que cada animal tem o seu próprio instinto. Ele poderá até ter dificuldades no início, mas a sua consciência retornará aos poucos e ele voltará a ser o animal livre que sempre deveria ter sido. Não usem de artimanhas para manter os seus animais presos, engaiolados, enjaulados, com correntes. Se o seu animal é feroz você o fez assim, você o criou para isso, e a troco de quê, de matar um outro irmão, de supostamente proteger você e a sua casa, à custa da vida de outro? Ou você coloca no animal toda a sua fúria, toda a sua raiva para que ele aja como se fosse você e você não ter culpa de nada?

Vocês atacam os animais para ganhar dinheiro, para vender a gordura, para vender as partes que ficam externas, barbatanas, chifres, tudo para vocês é negócio, é dinheiro, não importa o sofrimento causado aos animais. Muitos praticamente estão extintos e muitos já foram extintos do seu planeta, mas eles retornarão, não mais para essa dimensão, mas para uma dimensão em que vocês os respeitem, porque vocês também serão respeitados porque não haverá a manipulação que foi feita com eles para que atacassem os humanos.

Mas mesmo aqueles animais que não têm a capacidade de atacá-los, vocês maltratam, vocês pegam enquanto é pequenininho, cresce vocês jogam fora, largam por aí, causando sofrimento ao animal e trazendo mais um para a rua. Que amor é esse? Animal não é brinquedo, animal não é algo que se tem e quando enjoa joga fora. Animal é um ser filho de Deus Pai/Mãe, respeite-o como tal. Ele não é um animal, como muitos de vocês colocam. “Ah, ele é um animal nada sofre”

Não vou falar aqui do absurdo das suas criações, das mudanças genéticas feitas com seus animais para a procriação constante. Acredito que isso já está sendo bastante colocado por aí, e a consciência terá que vir de cada um de vocês, porque cada vez que vocês comem um pedaço daquela carne, lembre-se você está alimentando esta indústria. “Ah, mas é só um pedacinho”. Realmente é só um pedacinho, mas você come um pedacinho, mas esse pedacinho que você está comendo custou a vida de um animal, e de que forma ele morreu? Agradavelmente, tranquilamente, ele se entregou para morrer ou foi abatido da forma mais cruel possível? Quantos precisarão ainda morrer para alimentar vocês?

Pensem cada vez que colocarem carne na boca, e eu digo carne de qualquer tipo. Ali está o sofrimento de um animal e você está contribuindo para isso. Haverá um tempo é que vocês não terão mais o que comer vivo, não animais. Como vocês farão? Passarão fome, vão morrer de inanição, ou vão aprender a comer aquilo que vem da terra, vão aprender a comer aquilo que é saudável para os seus corpos. Pensem bastante. Animais não foram feitos para serem comidos. Vocês o fazem porque são o topo da cadeia, assim vocês entendem.

Mas isto vai acabar muito em breve. Quem estiver pronto não sentirá, agora quem não estiver será bem complicado, mas este será um tempo de evolução necessário a todos no planeta. E eu lhes digo que será um tempo bem difícil, muito difícil, porque a grande maioria não aceitará, e por quê? Porque não consegue ver nada do que nós falamos. Pensam da seguinte forma: “Já está morto mesmo, então eu posso comer”. É, é uma forma interessante de pensar.

Só não se esqueça, que aquela carne que você está comendo contém a energia do animal, da morte dele, e você está colocando a cada dia um pouquinho mais dela dentro de você, e lhe garanto que isto não lhe trará bons resultados.

Posts recentes

1 comentário em “Adama -Telos I – Capítulo 9 – por Adama”

  1. PERDÃO Queridos Irmãos Animais, PERDÃO Querida GAIA,
    PERDÃO Deus/Pai /Mãe,
    Eu SINTO MUITO.
    Gratidão pela VOSSA MISÉRICORDIA, VOSSO AMOR INCONDICIONAL.
    🇧🇷🙏🏻🇪🇬

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Minha Experiência

Carrinho de compras