Arcanjo Miguel – Os Minérios

Queridos! EU SOU O ARCANJO MIGUEL!

Continuando a sequência de mensagens sobre assuntos polêmicos, hoje eu vou falar um pouco sobre o que vocês extraem de Gaia.

Gaia sempre foi um planeta farto. Farto de tudo; não farto de cansada, mas farto de prosperidade, de abundância. Em suas águas, alguns minerais que extraídos, principalmente o sal, estão nas cozinhas, de praticamente todo o planeta. Na terra, os minerais: os elementos que tornaram possível toda a indústria que vocês têm hoje; os vegetais: que alimentam, não só os animais, como vocês também; e os próprios animais: que vocês aprenderam a consumir.

Então, Gaia foi muito bem-preparada para servi-los no que fosse necessário. Só que ao longo do tempo, vocês viam Gaia como um planeta que se recompunha dia a dia; então vocês acharam que podiam sair explorando, extraindo, arrancando da pele de Gaia, sem se importar com o futuro.

Os minérios são extraídos da carne de Gaia, que são as montanhas. Vastos e imensos montes foram derrubados e destruídos, para que o minério fosse arrancado. Sim, entendo que foi para o seu desenvolvimento e sua sobrevivência. Vocês pensam assim.

A ganância deste tipo de extração é maior do que o pensamento correto em relação ao planeta. A grande maioria de vocês não sabe o que acontece por trás dos bastidores. Muitos cientistas, eu disse muitos, já descobriram fontes alternativas que têm o mesmo, ou um melhor papel do que os minérios, para todas as atividades existentes no planeta.

Vocês sabem disso? Alguém disse isso para vocês? Claro que não, pois não existe o interesse, daqueles que comandam o mundo, de que isso seja descoberto. Primeiro, porque não lhes trará retorno financeiro; este é o ponto principal. Segundo que é muito simples, não tem graça; o bonito é fazer buraco no planeta.

Aí vem aquela velha história: “Não, estou dando emprego para muita gente”. Sim. Vamos colocar de uma outra forma: “Estou dando emprego e matando muita gente”; porque na sua grande maioria, aqueles que estão ali quebrando pedra, arrancando do coração de Gaia os minérios, estão inspirando tudo aquilo para dentro deles. Eles passam a ser uma grande montanha mineral ambulante. Por aí, vocês tiram; existe amor no que eles estão fazendo? Claro que não. Existe só o interesse financeiro.

Aí eles voltam a afirmar: “Ah, mas se não tiver extração, não tem emprego para muita gente.” Só existe esse tipo de emprego? E porque não dar um emprego na outra forma que foi descoberta? Ela é muito mais trabalhosa, então daria muito mais emprego. Ela é mais trabalhosa porque é natural; porque terá que ter o trabalho do homem; o braço do homem para ser montada. Então essa justificativa é pífia, é falsa. O grande negócio, é destruir Gaia.

“Gaia é muito grande. Aqui é só um pedacinho; nem dá para perceber”. É, foi pensando assim, que vocês esburacaram Gaia toda; arrancaram suas árvores; destruíram seu solo; tudo para quê? Aí vêm as mais inúmeras razões e justificativas: “Ah, precisamos alimentar o povo. Tem gente com fome. Precisamos criar mais áreas de agricultura, porque temos que alimentar o povo”. Mentira. Quem tem fome não vai esperar a sua agricultura nascer. Quem tem fome, tem fome hoje. Essa história de que tem que plantar para o futuro, porque no futuro vai haver fome… não é no futuro. Hoje vocês têm muitos que passam fome.

E o que é feito por essas pessoas? Vocês veem alguma empresa, desses tantos que gritam pela agricultura, falar assim: “Estamos doando milhares de toneladas para o povo tal, que está passando fome”. Vocês veem alguém fazendo isso? Existe sim, um pequenino grupo; mas muito pequeno, que pensa dessa forma e até faz alguma coisa. Mas é muito pequeno e irrelevante. Não dá nem para contar. Então meus irmãos, justificativas fracas, que só enganam a vocês; a mais ninguém.

Destruir o coração de Gaia, destruir a pele, a carne de Gaia, tem consequências meus irmãos, e vocês já estão vendo algumas. Vocês homens se acham tão espertos. Lembra da sujeira debaixo do tapete? Então, vocês futucam, quebram, ferem a cara de Gaia, aí junta todo o restinho num lugar só. “Ah, eu vou botar aqui; ninguém tá vendo”. Aí um dia tudo explode, e aí todo mundo vê. “Oh! Como assim. O que aconteceu?”

Ora, tenha santa paciência. Tudo isso é sabido e planejado. Todos sabem dos riscos que correm, mas não estão nem aí. Pergunte assim: algum dono dessas grandes empresas, que extraem os minérios de Gaia, moram nas cidades que ficam ao redor? É claro que não. Porque eles sabem o risco que correm.

É meus irmãos, assunto eu teria aqui para falar o dia inteiro. Apenas vos digo: eu já disse há um tempo atrás, Gaia está expurgando as feridas. E aqui eu vou repetir: todas as feridas que foram feitas em Gaia, serão expurgadas. “Ah, meu Arcanjo você está nos pondo medo? Vão existir catástrofes?” Entendam como quiserem meus irmãos. Volto a repetir: todas as feridas feitas em Gaia serão extirpadas.

O homem se achou no poder de fazer o que ele bem entendia; sempre claro, com objetivos nobres. “Não, eu preciso fazer isto para o bem da população, para o bem do mundo”. Aham! Então está certo. Só que agora meus irmãos estamos vivendo uma nova era; uma era aonde as mentiras não têm mais vez; aonde as mentiras estão espalhadas; estão no ar, para que qualquer um veja. Não há mais nada embaixo do tapete. Os tapetes foram todos enrolados. Não existem mais tapetes escondendo verdades, em nenhum ponto do planeta.

Então eu volto a repetir; se é para causar medo, vocês entendam como quiserem. Apenas estou lhes dizendo: que Gaia vai extirpar todas as suas feridas.

Infelizmente meus irmãos, muitos sofrerão as consequências pelos maus atos daqueles que os governaram. É, infelizmente sim. E nada podemos fazer a respeito. A única coisa que nós faremos, e estamos fazendo, é respeitar a vontade de cada um, neste processo todo de ascensão de Gaia.

E a movimentação das pessoas tem sido grande. Vocês não têm ideia do que está acontecendo, mas a movimentação tem sido grande. Ninguém está entendendo nada, porque que de repente, deu vontade de ir embora; deu vontade de sair dali; de ir para outro lugar. E assim, por uma estranha coincidência, encontram um lugar melhor, e tão fácil.

É claro meus irmãos, estamos fazendo a nossa parte. Estamos movimentando vocês, para que cada um esteja no local certo, na hora certa. Então apenas lhes dou um aviso: quando sentirem vontade, assim uma vontade estranha, repentina, de se mudar, de onde vocês moram; façam isso. Iniciem o processo, e vocês verão o quão será fácil, pois estamos trabalhando com cada um de vocês. Eu já lhes disse isso: as equipes de luz trabalham com cada um de vocês, e sabem exatamente o que fazer com cada um.

Lembrem-se meus irmãos, tudo está em andamento. O projeto está no prazo. Tudo está acontecendo como tem que acontecer. Então comecem a se mexer. Estamos dando a chance de vocês, de não sofrerem tanto. Então respeitem as suas intuições. Quando sentirem vontade, façam. Peçam a nossa ajuda, e aí ajudaremos mais ainda, do que já estamos ajudando, para que cada um esteja no local certo, na hora certa.

EU SOU O ARCANJO MIGUEL! Eu não estou trazendo o medo meus irmãos. Eu acho que eu já fui bem claro nas minhas mensagens do que vem por aí, e só depende da vibração de cada um de vocês; pois desta forma, vocês estarão se ajudando e ajudando o TODO. Tudo vai acontecer do jeito que tiver que acontecer.

Posts recentes

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Minha Experiência

Carrinho de compras