Meditação – Caminhada da Evolução – Dia 8 – Sananda

Esta meditação deverá ser feita deitado, em total relaxamento.

E oriento a cada um de vocês que nos próximos dias, tomem muita água, para que consigam eliminar tudo o que estarão limpando em suas Almas e em seus corpos.

Vocês estão deitados no solo de Gaia.

Mantenham as mãos alinhadas ao corpo.

Vocês estão sobre um terreno plano; deitado sobre uma relva verde e fresca.

Do seu corpo, dos pés à cabeça, sairão raízes que penetrarão o solo de Gaia. Não, não serão raízes iluminadas, serão raízes bem escuras, pois estarão drenando dos corpos, das mentes, de vocês, tudo aquilo que precisa ser expandido nelas, para ser entendido.

É como se aquela névoa do tempo, a poeira, toda a era, que estas ações ficaram guardadas, fosse feita uma limpeza para que cada uma se exponha exatamente como é.

Então por essas raízes saem toda a sujeira, tudo aquilo que as obstruiu, as escondeu, as enterrou, para que elas sejam vistas claramente, sem que haja dúvidas.

Vocês ficarão nesta posição por 1 minuto.

Agora, por estas mesmas raízes, que outrora eram escuras, vocês perceberão que uma energia iluminada subirá por elas; é a energia de Gaia, trazendo a vocês, a força e a energia é necessária; a inteligência, a sabedoria para saber lidar com cada uma delas.

Fique neste carregamento de energia por mais 1 minuto.

Agora seu corpo está iluminado e cheio de Luz.

Seja grato ao que você recebeu de Gaia.

E esteja plenamente consciente de tudo aquilo que você viverá.

Respire profundamente algumas vezes.

E para voltar a seu mundo, basta se ver deitado aonde você estava, e posteriormente abrir os seus olhos.

Posts recentes

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Minha Experiência

Carrinho de compras