Sananda – A Palavra de Ordem é o Perdão (e a Mandala, A Luz Venceu)

Queridos filhos e filhas do planeta Terra! SOU SANANDA!

Acredito que o coração de todos esteja ainda perfeitamente integrado ao movimento deste último fim de semana. Como disse, não quero sofrimento, não quero piedade. A minha morte e ressurreição, tiveram um propósito e através deste propósito, por mais manipulado e modificado no sentido, ao longo do tempo, ele permanece até hoje. É isso que vocês não podem esquecer. Tentaram calar minha voz, mas minha voz jamais foi calada, continuei no coração e nas mentes de todos vocês. A tentativa foi infrutífera, e hoje, quase dois mil anos depois, volto aqui mais uma vez, colocando as minhas palavras, os meus ensinamentos, tentando trazer à humanidade; agora não mais um povo apenas, à humanidade, a consciência; a Consciência Crística que foi o que sempre preguei.

Da mesma forma que há milênios atrás, minha palavra incomoda, minha palavra vai contra os poderosos, minha palavra vai contra aqueles que usaram as mesmas palavras, para o seu próprio entendimento, para as suas próprias leis. E estes não ficam nada felizes em me ver falando por aí novamente. Pregam, pregam, e pregam a minha volta e mais uma vez eu vou dizer, eu não voltarei porque eu já estou aqui. Nunca deixei de estar, minha alma sempre protegeu este planeta, minha alma sempre esteve em consciência neste planeta, no coração de cada um de vocês. Então não voltarei, quem volta é porque partiu e eu nunca parti; permaneci aqui todo este tempo, preparando o coração de cada um, a seu jeito e sua forma para esta época atual.

Sempre acreditei no povo deste planeta. Muitos não acreditaram, mas eu nunca deixei de acreditar. Eu sabia que um dia, alguns representantes se levantariam e começariam a dizer não à toda esta manipulação e pediriam a minha ajuda. E tenho brigado; não brigas como vocês conhecem, mas tenho brigado no sentido do convencimento, da preparação, do planejamento, de tudo que tem sido feito até o presente momento. Eu coordeno todo o processo; eu sou a mente que coordenou a libertação deste planeta. Coordenou porque para mim, este planeta já está liberto, mas eu ainda estou aqui e para que efetivamente, eu não me preocupe mais com a libertação de vocês, ainda há um longo caminho.

Maitreya está ao meu lado, todo o tempo, absorvendo todo o ensinamento, absorvendo toda a função que ele terá como próximo, ou melhor, como o atual Cristo Planetário. Entendam, mais uma vez eu repito: jamais voltarei porque daqui nunca saí, eu continuei aqui e continuo. E minha consciência continuará aqui eternamente. Apenas se faz necessário um outro Cristo Planetário, porque tenho outras missões a cumprir. A minha missão para com este planeta está quase encerrada, que é a libertação deste planeta do jugo daqueles que se intitulam os poderosos.

Os momentos não são fáceis. Nada será fácil, nada será sem sofrimento, pois a mudança é interna, a mudança é profunda; e nenhuma mudança profunda é fácil, é simples, acontece num piscar de olhos. Toda e qualquer mudança interna é muito violenta, é muito profunda e triste de ser vivida. Mas o que dá à ela a grande vitória? É a certeza de que mesmo tendo que colocar para fora, todos aqueles momentos e sentimentos que vocês praticaram durante tanto tempo, e vê-los, efetivamente às suas frentes, é a certeza de que tudo isto será limpo; tudo isto será transmutado em muito perdão, em muito pedido de perdão. E aí sim, suas almas estarão prontas para um novo começo, para um recomeço, onde não mais haverá o mal, para fazê-los seguir o caminho tortuoso.

Não tenham medo do que vocês estarão colocando em cima da mesa. Não tenham medo das coisas que virão, não tenham medo de saber o que vocês foram, não tenham medo de saber o que vocês fizeram. Pouco a pouco, cada um de vocês será levado a isso, cada um a seu tempo, cada um na sua preparação. O porquê disto? Porque é necessário, porque não cabe mais a sua alma se esconder atrás de um esquecimento humano. Isto acabou. Aquelas amarras, aqueles véus, que os mantinham esquecidos estão se dissolvendo, e todas as lembranças, todas as lembranças virão à tona: boas e ruins. Infelizmente a grande maioria é ruim, porque vocês foram manipulados, foram orientados, foram levados a acreditar no olho por olho, no dente por dente. Foram levados a fazer justiça pelas próprias mãos, foram levados a acreditar naquele Deus punitivo e vingativo, que punia com a morte aqueles que não o ouviam.

Não entendam que isto não pesa, é claro que pesa, e pesa muito, no momento em que o pedido de perdão é feito. É como se toda esta manipulação tivesse um peso imenso e um simples pedido de perdão, do fundo do coração, com muito amor e arrependimento, fosse multiplicado milhões de vezes, exatamente por sabermos que muita coisa foi por manipulação. Então não tenham medo do que vocês vão ver, não tenham medo de não serem perdoados. O pedido de perdão tem que ser sincero, tem que ser profundo. O que irá acontecer com a outra alma, não é mais problema de vocês. Vocês também terão que ser capazes de perdoar muitos e aí está um crescimento também. Então podem observar, que tudo agora gira em torno de uma única palavra: Perdão; seja pedir, seja dar.

Então preparem-se para este tempo. Vocês acham que já transmutaram tudo, que já se limparam de tudo. Eu diria, que vocês já fizeram isso com o que estava na superfície, com o que vocês podiam ver, com aquilo que vocês eram capazes de ver. Momentos se aproximam, para que isso tudo seja limpo, mas agora vocês vão desenterrar coisas muito antigas. E digo à cada um de vocês: continuo aqui. E quero que cada um de vocês, ao se deparar com o que quer que seja, por mais feio, por mais horroroso, por mais absurdo e imenso que seja o que vocês irão ver, eu estarei ao seu lado. Eu estarei ao lado de cada um de vocês, lhes dando a mão e dando a confiança necessária, para que vocês passem por aquilo e continuem adiante.

Não tenham medo de ver o que vocês irão ver. Chegou o momento das almas se limparem. Nenhuma alma ascende com máculas no coração, com máculas no seu caminho. E essas máculas são dissolvidas, com esta palavra: o Perdão. E concomitante à tudo isso, a única coisa que vocês não podem fazer, é se julgar; nem julgar ninguém. Espero que isto vocês já tenham aprendido, porque vocês tenderão à isso: a se julgarem, a ficarem horrorizados, como foram capazes de fazer aquilo.

Então eu lhes digo mais uma vez, vocês estão vendo tudo, com a consciência que têm hoje. E qual a consciência que vocês tinham naquela época, naquele momento, naquele episódio? Então, para que o julgamento? Para que a dor? Para que a tristeza? Para que o sofrimento? O que está feito, está feito, nada mudará. O momento agora é de limpar a sujeira, é de pegar tudo isso e colocar em cima da mesa e começar a limpar os mais fáceis, aqueles que serão mais simples, depois comecem os mais profundos.

“Ah, como iremos fazer isso?” Vocês serão orientados, cada um de vocês, cada coisa virá à tona a seu tempo. Quem estará coordenando isso, são os Mestres Espirituais de cada um de vocês, eles saberão o tempo de cada coisa vir à tona. E a única ação a ser feita é perdão, nada mais. Não há o que perguntar, não há o porquê, não há as consequências, não há nada a ser perguntado. Só existe uma ação: o perdão; seja pedir, seja dar. E eu estarei ao seu lado. Quem quiser a minha ajuda, peça; e eu estarei ali doando a minha energia, para que cada um de vocês saiba como transmutar, cada um daqueles problemas com o perdão.

Não basta simplesmente pedir a Chama Violeta, que transmute em amor e luz. Não. Vocês praticaram, vocês fizeram, então vocês têm que ter uma ação, e esta ação, é única, global, idêntica para todos – o perdão. Não fiquem ansiosos, nem fiquem preocupados, cada coisa aparecerá ao seu tempo, cada coisa aparecerá no momento certo. Só não quero julgamentos, nem em relação à vocês, nem em relação aos outros.

Junto com este vídeo, vocês estarão recebendo uma Mandala. Ela está sendo enviada para vocês, para que vocês a tenham todo o tempo com vocês. Cada vez que vocês forem fazer uma meditação, cada vez que vocês forem orar, olhem inicialmente para esta Mandala, e a mantenham em um lugar fácil, em que vocês possam acessá-la a qualquer momento. Esta Mandala tem a minha energia, e apenas o fato de vocês olharem para ela será o bastante, para que minha energia percorra todo o corpo de vocês e prepare cada um de vocês, para todos os momentos que virão.

Tenham sempre ela a mão. Não é para ficar pendurada, não é para enfeitar a casa, é para ter a mão, no momento em que vocês forem orar ou meditar. Não é para colocar nos seus aparelhos, é para tê-la na mão, em papel, papel comum. Rasgou? Imprime de novo. Não tem ativação. A Mandala se autoativa pela energia do desenho que está ali. Então sem desespero, sem atribulação de nenhum tipo para a impressão dela. Façam tudo com muita calma, aprendam a ter calma. E ouçam com atenção, o que foi dito.

Eu expliquei muito facilmente, o que tem que ser feito. Aprendam a ouvir e entender. Vocês foram habituados, a depender sempre da opinião do outro, a nunca acreditar no que vocês entendem, no que vocês ouvem. Então vamos começar a aprender isso. É muito simples. A Mandala é para ter a mão, no momento de uma oração, no momento de uma meditação. Não há mais o que dizer, portanto não há mais o que perguntar. O papel rasgou, imprime de novo; não tem ativação.

Aprendam a confiar naquilo que vocês entendem. Parem de depender da opinião do outro. Cada um de vocês aprenda a assumir o seu próprio entendimento. Não dependam dos outros. Parem de depender da opinião do outro. Tudo vocês têm que confirmar com o outro, por quê? Vocês quando tomam suas decisões erradas, vocês não perguntam a ninguém, porque vocês se acham poderosos. Então por que que uma coisa tão simples, vocês têm que perguntar? Se vocês ouvem com o coração, não tem o que perguntar. Então está aí. T

Tenham esta Mandala o tempo todo, sempre que vocês forem orar ou meditar. Não é para envolvê-la em nada, o papel tem que estar diretamente na mão. Deixo cada um de vocês agora, com a minha energia. E lembrem-se, sem julgamentos, de qualquer espécie.

Posts recentes

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Minha Experiência

Carrinho de compras