Sananda – Assumam a Responsabilidade pelo Planeta

Queridos filhos e filhas do planeta Terra! SOU SANANDA!

Mais uma vez estou aqui com muita alegria e muito amor em meu coração. E quero passar toda esta energia, todo este amor para o coração de cada um de vocês. A cada dia que passa, mais a Luz da Quinta Dimensão, a Luz que vem do Sol Central chega a esse planeta, transmutando, transformando, trazendo à tona tudo aquilo que outrora esteve escondido. Parece que o mundo virou de cabeça para baixo, mas não interpretem desta forma; interpretem que as verdades, as corrupções, as chantagens, os acordos, tudo aquilo que esteve sempre escondido e que mantinha toda uma rede de caos e desequilíbrio, está sendo exposto. Tudo, tudo está sendo exposto.

Não se preocupem, não se incomodem, não comentem, não façam menção. Simplesmente ouçam e esqueçam. Cada um dos envolvidos em todos estes processos, está colhendo ou colherá em breve, os resultados de todas as armações. Não cabe a vocês julgá-los, comentar a respeito, passar adiante a notícia. Cabe a vocês emanar Luz, para que toda esta situação efetivamente seja exposta, para que todos comecem a ver tudo aquilo que construíram. Sim, tudo foi construído por vocês mesmos.

Cada movimento de extorsão, cada movimento de corrupção, foi criado por vocês. De que forma? Quando vocês mesmos cometem pequenas corrupções, pequenas falcatruas, aquelas que vocês sempre pensam “que não fará mal a ninguém”. Só que cada ato tem uma energia e esta energia somada, se torna um egrégora. E tudo o que está naquela egrégora, volta como reação. Então aquele pequeno ato, aquele pequeno gesto que você fez, que para você era inconsequente (afinal ninguém nem ficou sabendo) apenas você e o seu ego sabem a respeito. Você pensa que não teve consequência; engano seu, a consequência está aí no ambiente que você vive, nas pessoas que estão à sua volta, nos políticos que vocês elegem.

Eu diria que vocês não escolhem os políticos, vocês atraem aqueles que vibram na mesma energia que vocês. Afinal, entram aqueles que vocês escolhem, que a grande maioria escolheu. Então esta grande maioria atraiu algo semelhante ao que elas acreditavam. Aqueles que não concordam, aqueles que são contra porque têm uma outra visão, têm uma outra forma de pensar, infelizmente terão que aceitar a escolha que foi feita por outros. Mas eu lhe pergunto: Você, você mesmo que é contra ao estado vigente.

O que você vibrou para mudar isso? Você vibrou esperança? Você vibrou fé em dias melhores? Ou você simplesmente virou as costas, deu de ombros e deixou para lá?

Então não reclame, de estar sob o comando de alguém que você não escolheu. Você deu a chance daqueles outros escolherem por você, porque você nada fez, você não vibrou Luz para aquele momento; você não pediu ao universo, que trouxesse uma pessoa de boa índole, que olhasse efetivamente pelo povo, que não pensasse apenas na política, mas sim no bom andamento do processo, de todos os processos. Não, você apenas foi contra, você apenas reclamou, você apenas condenou, apontou o outro, mas nada fez, ao contrário.

Então vocês atraem aquilo que vocês emanam, como vocês não emanaram nada de bom, aqueles que emanaram com muito mais força ganharam e o político deles está aí, atuando no momento. Isto vale para qualquer lugar do planeta. Não estou citando aqui nada específico, isto vale para qualquer nível de político que vocês escolhem. O que vocês vibram? O que vocês pedem ao universo? Vocês pedem a Luz, a verdade, o amor, o respeito pelo povo? Não, vocês apenas condenam, criticam, apontam o dedo. Não fazem o dever de casa que é unirem-se em Luz, para que a Luz prevaleça. E aí está o mundo que vocês estão vivendo.

Em todos os lugares, tendo discórdia, fome, miséria, porque aqueles que vocês elegem, não estão preocupados com o povo; raras exceções. Eles estão mais preocupados em manter-se na política, em manter-se lá sempre no poder. O povo é um mero instrumento, é o caminho pelo qual eles chegam ao poder, e vocês os elegem. Com raras exceções o povo não tem voz. A grande maioria do planeta é eleita. E quem elegeu? Vocês. Por que eu estou dizendo tudo isso?

Para que vocês tenham a noção e a total convicção, de tudo o que vocês provocam no planeta. Não são só os políticos que fazem coisas erradas, vocês compactuam com eles nestas mesmas coisas, vocês vibram na mesma frequência deles, por isso eles estão lá. Ah, mas aqueles que não vibraram, que não elegeram, fizeram o quê? Entendo, que muitos agora se levantarão e dirão: “Não, eu fiz a minha parte” Ah, a sua parte. Será que a sua parte sozinha foi suficiente para mudar? Lhe garanto que não foi, porque senão aquele que você queria estaria lá.

Então, não adianta meus irmãos, tanta reclamação, não adianta tanta briga, tantos sentimentos negativos, vibração de ódio, vibração de separativismo. “Eu sou a favor, você é contra” A dualidade imperando. Onde o sentimento correto teria que ser: Vamos vibrar juntos por um espaço melhor? Vamos vibrar juntos por uma cidade melhor? Por um estado melhor? Por um país melhor? Não, vocês vibram separando; é cada um para um canto, cada um com as suas ideias, suas convicções e não aceitam mudar, e nem aceitam a opinião do outro. Vocês juntos são fortes, separados não são nada. Vocês ainda não entenderam isso.

Então neste momento, vocês estão atônitos, preocupados, posso até dizer com medo do que virá, das ações que virão à frente no caminho da ascensão. Até onde os seus governos melhorarão suas vidas? Até onde eles respeitaram e continuam respeitando, ou respeitarão Gaia para ajudar vocês? Porque eles não pensam neles, eles estão fora, nada acontece a eles. Mas e quanto a vocês? Então não adianta vocês vibrarem medo, não adianta vocês vibrarem preocupação com o que virá; o que virá, virá, porque é resultado de tudo que os seus governantes resolveram fazer. E com a conivência de… vocês, vocês colocaram eles lá.

Então, por que se preocupar? Eles farão algo, não? Talvez. Então, apenas digo a cada um de vocês: Momentos difíceis virão, não estamos mais negando nada, momentos difíceis virão. E como será que os seus governos, em todo o planeta agirão? Farão um “mea culpa” e reconhecerão que agiram errado e vão mudar? Ou simplesmente vão deixar para lá, porque para eles nada acontece, o povo que se vire. Cada um de vocês é um fator determinante para o futuro do planeta. Um só realmente é muito pouco, mas faz a diferença. Então, por que que vocês não se unem e fazem uma grande diferença? Por que que vocês, vocês, não importa qual partido, não importa qual lado, não importa qual cidade, não importa qual estado, não importa qual país… todos não se unem num só pensamento? Melhorar este planeta, cuidar do que ainda está vivo, cuidar para o que hoje que esteja quase morrendo, não morra.

Este é o papel de vocês, se unirem acima de qualquer coisa, acima de qualquer idealismo, acima de qualquer crença, e unirem-se pelo planeta, por Gaia. Este é o momento. Não adianta ficar sentado reclamando, que está calor demais, que está frio demais, falta água, falta energia…; e o que você faz a respeito disso tudo? Qual a ação que você está fazendo neste momento, para mudar isto? Enquanto cada um de vocês achar, que é único e como tal não faz a diferença, o futuro está vindo aí, as reações estão acontecendo. Agora se cada um faz a sua parte, pequenina que seja, as reações podem se modificar.

Então vamos fazer algo? Vamos mudar hábitos, costumes, conceitos? Não é porque vocês têm em abundância em suas casas, que vocês podem gastar desmedidamente. Faça, cada um de vocês a sua parte. Porque se cada um fizer a sua parte, é claro que o Todo vai sentir a diferença, vai sentir o sentimento em seus corações. E isto reverbera como amor pelo planeta, e amor se transforma em Luz, e Luz ameniza reações violentas.

Então faça cada um a sua parte. Não me perguntem: “Mas o que devo fazer?” Se vocês fazem esta pergunta, eu diria que vocês não têm consciência de nada, estão se enganando que estão conscientes de algo. Então não façam essa pergunta a ninguém. Cada um de vocês tem que encontrar no seu coração, a forma de fazer, a forma de ajudar. E fazer. independente de se o seu vizinho, se o seu bairro inteiro, se a sua cidade inteira não fizer.

Cada ação reverbera no Todo e se muitos fazem a mesma coisa, a consciência global muda e todos passam a fazer. Então tomem uma atitude. Façam algo pelo seu planeta, pequenino que seja. O ato de fechar uma torneira, quando a água não é necessária, já é um momento de amor. Mas existem outros que vocês podem fazer. Vocês querem um planeta com reações calmas? Com os resultados vindo de forma branda? Então façam as suas partes.

Mudem seus hábitos. Amem o planeta. Ele não é infinito, ele é finito; os recursos do planeta são finitos. E posso lhes garantir: Muitos estão chegando ao limite, e se vocês nada fizerem, a vida num futuro muito próximo, será bastante complicada. Cabe a vocês mudar isto. Cabe a cada um de vocês fazer a mudança e acreditar que pode mudar todo o planeta.

Posts recentes

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Minha Experiência

Carrinho de compras