Sananda – Como Olhar para os Desafios

Queridos filhos e filhas do planeta Terra! SOU SANANDA!

Meu coração sempre se enche de alegria, quando posso estar aqui mais uma vez com cada um de vocês.

As energias estão fortes e ativas, as consciências estão em constante transformação, as consciências estão se expandindo, verdades estão vindo à tona, seu mundo parece um total desequilíbrio. A natureza Gaia parece raivosa em alguns pontos, trazendo no conceito de vocês o sofrimento, a dor. A mensagem que quero deixar hoje é exatamente em relação a isso.

A grande maioria das Almas que vivem neste planeta, estão aqui há muito tempo, não são Almas novas no planeta, são Almas antigas que já passaram por muitas épocas, por muitas Eras. E posso dizer a vocês, que vocês não sabem o que é verdadeiramente a violência e a dor. Há muito, muito tempo atrás, isto era o normal no seu planeta. As barbáries, as guerras, as invasões, as mortes. Todo tipo de ação contra o ser humano era feito.

Então vocês hoje têm muito mais consciência; a sociedade criou regras e foi evoluindo pouco a pouco, não permitindo mais tantas barbáries e tantas guerras. Mas se vocês olham para o seu mundo, vocês podem perceber que algumas coisas se mantêm: as guerras continuam, a violência continua, as barbáries continuam. E por quê, se a sua sociedade evoluiu, se hoje existem leis e regras, que teoricamente não deveriam permitir mais nada disso?

Podemos dizer que para estas Almas antigas, neste planeta, esta é a última encarnação na Terceira Dimensão. E todas essas Almas de coração não puro, tiveram várias encarnações para que pudessem reconhecer as suas falhas e aprender as lições. Mas existe o lado negro, onde algumas Almas fizeram pactos, de jamais seguirem o caminho da Luz. Então elas encarnam, reencarnam, reencarnam, reencarnam, e continuam sendo o que sempre foram. Se adaptando apenas às novas regras, mas sempre burlando todas elas, não permitindo que sejam parados pelas leis.

E posso garantir que muitas, estiveram um bom tempo em aprendizado, escolheram não mais encarnar para não fazer mais mal a ninguém. Mas muitas mesmo com todo este processo, não mudaram, mas elas vieram nesta encarnação numa última tentativa de Deus Pai/Mãe de que elas vissem o que elas mesmas provocaram ao longo do tempo e pudessem mudar. Algumas conseguiram, muitas mudaram, muitas estão hoje no caminho da Luz. Mas algumas não, continuam reverberando o que sempre reverberaram: a dor, o mal, o sofrimento.

Cada ponto deste planeta tem uma egrégora: cada cidade, cada povoado, cada pequeno grupo de pessoas cria uma egrégora, que cresce ao longo dos tempos. Vocês não conseguem ver, mas hoje, se vocês fossem olhar o seu planeta como um mapa, vocês não veriam nada, só veriam bolas negras sobre toda a superfície do planeta. Não quero dizer com isso que o mal venceu ou está vencendo, porque estas são formas-pensamento, não são a energia do planeta. O planeta é 2/3 de água, não tem humanos ali, então a energia do planeta é de Luz.

Agora, cada ponto do planeta tem a sua egrégora, tem o seu povo e esta egrégora muda de acordo com a consciência do povo. Só que estamos num período de extrema mudança, estamos num período de evolução, não há mais tempo de se esperar décadas ou milênios para que essas egrégoras se limpem, para que essas egrégoras se tornem Luz.

Então, muitas Almas estão no planeta agora e continuam semeando o mal. Então muitas estão indo embora, muitas perderam a sua chance e assim acontecerá em todo o planeta. Gaia não está raivosa, existem formas e formas de atuarmos em conjunto, de atuarmos de maneira que várias Almas sejam retiradas de uma vez só. Aí muitos podem perguntar:”Mas todos ali não tem Luz?” Claro que não. Muitos ali têm Luz, mas muitos ali escolheram não estar mais aqui, escolheram não passar pelo processo no corpo físico.

Então estão no lugar certo, na hora certa, para fazerem valer a escolha de suas Almas.

Não há sofrimento desmedido provocado por Deus Pai/Mãe, há escolhas de alma, há limpeza do planeta. Não, o planeta não será totalmente limpo para que somente Seres de Luz fiquem aqui. Mas posso dizer a vocês, que onde a concentração do mal for maior, ele terá que ser limpo sim, para que a energia da Luz sobressaia naquele ponto.

Então vocês verão muitas coisas feias e tristes acontecendo. Almas precisam ir embora e elas não irão com um simples convite. Chegou o momento de cada uma ser retirada do planeta e não, não estamos invadindo o livre-arbítrio de ninguém. Cada uma das Almas que vão embora, fizeram a escolha, tiveram a oportunidade de fazer a escolha e continuaram escolhendo o mal; então a oportunidade acabou.

Nada está sendo feito sem controle, Deus Pai/Mãe não é assim, não é vingativo e nem castiga ninguém. Então parem de olhar para o que acontece no seu planeta e rogar a Deus o porquê. Cada um ali teve uma escolha, muitos sobreviveram e por quê? Porque escolheram ficar aqui. Todas as vontades estão sendo respeitadas, parem de olhar para Deus Pai/Mãe como um ser que não tem Amor por seus filhos, que faz os seus filhos sofrerem. Ali, Deus Pai/Mãe não está fazendo nada, é a escolha daquelas Almas. Que assim seja.

Aprendam a olhar tudo com os olhos do Amor, com os olhos da consciência, com os olhos do entendimento, sem julgamento, sem críticas. Cada alma que se vai neste momento, agora, aqui, fez uma escolha e esta escolha está sendo respeitada. O tempo passa para vocês e muitos de vocês não sabem o dia de amanhã, sabem? Eu diria que não, vocês não sabem as escolhas que suas Almas fizeram. Então não contestem, não julguem, não sofram o sofrimento daqueles que estão lá. Porque cada ser humano que passa por um problema muito sério, um sofrimento, ali tem uma lição a ser apreendida, é uma oportunidade de aprendizado.

Não olhem nada como castigo e nem clamem aos céus, pedindo a Deus que não faça ninguém sofrer, porque Deus Pai/Mãe não faz isso. Qualquer sofrimento é produto de suas escolhas. Deus Pai/Mãe não impõe o sofrimento a ninguém, são suas escolhas de alma e de mente que atraem o sofrimento. Então vibrem Luz, vocês querem ajudar os irmãos que estão em necessidade? Vibrem Luz, vibrem Luz para aquele local no planeta, para que aquela egrégora comece a mudar, para que aquela egrégora mude a frequência.

Agora eu diria para vocês: se preocupem com a egrégora de onde vocês moram, isso é que é o importante. Emanem Luz para onde vocês moram, para o prédio, para o bairro, para a cidade, para o estado, para o país. Isto é ser um caminhante da Luz, aquele que emana Luz. Em vez de vocês se preocuparem com o que está acontecendo lá longe, olhe para o próprio local onde vivem, emanem Luz para ele. Desta forma cada uma de vocês consegue mudar o mundo, como vocês costumam dizer, olhem para o próprio umbigo e parem de julgamento, parem de questionamentos a Deus Pai/Mãe.

E para finalizar, eu queria dizer poucas palavras em relação ao nosso Encontro, que acontecerá em Maio. Cada acontecimento é uma oportunidade. Oportunidade? Sim, uma oportunidade de elevação, uma oportunidade de união. É também uma oportunidade de atitudes, de demonstração do que vocês efetivamente aprenderam na caminhada e posso dizer a vocês: Vocês ainda têm muito a aprender.

Muitos se acham prontos para a Quinta Dimensão e eu diria que com certas atitudes que vocês ainda mantêm, vocês não conseguiram nem achar o caminho para chegar até lá. É como se vocês estivessem no meio de um círculo, com vários caminhos e você precisa escolher um, aquele que lhe levará para a Quinta Dimensão. E este caminho não é difícil de encontrar, basta que o seu coração se conecte com ele. E aí eu digo que muitos de vocês estão seguindo o caminho errado e estão crentes que estão no caminho certo.

Muitos se perguntam agora: “Mas o que eu estou fazendo de errado?” Esta é a pergunta mais fácil de ser respondida; basta que você olhe o seu coração. Mas olhe com Amor, com humildade de reconhecer que está indo pelo caminho errado. Aí sim, eu garanto a você, você encontrará o caminho certo. Muitos de vocês estão enganados, acham que estão no caminho, mas eu garanto, ainda têm muito a aprender para conseguirem se conectar com ele.

Posts recentes

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Minha Experiência

Carrinho de compras