Sananda – O que é Ser um Terapeuta

Queridos filhos e filhas do planeta Terra! SOU SANANDA!

Mais uma vez é com muita gratidão, que estou aqui para passar mais alguns ensinamentos. Hoje vou falar de um assunto, um pouco genérico, mas que caberá a muitos. Muitos de vocês, ultimamente têm se perguntado: Qual é a sua grande missão de alma? O porquê de estarem aqui agora encarnados, e o que fazer de suas vidas daqui para frente? Como conduzir a sua vida e os seus sonhos?

Estar encarnado neste momento é um privilégio, mesmo aqueles que já estiveram e se foram, tinham o conhecimento do que aconteceria neste planeta, nesta época. E também são privilegiados, pois estarão dando um passo muito importante no universo. E muitos outros planetas, estão observando o que estará acontecendo aqui, para que tomem as mesmas decisões, e se libertem da Terceira Dimensão.

Mas qual a verdadeira missão de suas almas, neste momento? Neste momento, vocês somente têm que ter uma única preocupação, estarem naquela estrada para a Quinta Dimensão. Então eu diria que em linhas gerais, a sua missão de alma é se preparar, é procurar andar corretamente, é procurar cumprir tudo aquilo que temos dito já faz tempo, para seguir o caminho naquela estrada para a Quinta Dimensão. Ao mesmo tempo, muitos têm sentido uma vontade imensa de seguir caminhos espirituais, caminhos que farão bem aos seus espíritos.

Eu diria, que esta é uma missão concomitante à missão de ir para a Quinta Dimensão. Porque, quando vocês se colocam naquela estrada para a Quinta Dimensão, o amor incondicional começa a crescer dentro dos seus corações; e isto faz com que vocês pensem não apenas em vocês, mas no próximo, nos seus irmãos. E aí surgem vontades, desejos, de ajudá-los de alguma forma. Aqueles que têm esse chamado muito profundo, procuram as terapias, procuram aprender como lidar com as energias, exatamente com o objetivo de ajudar a si mesmo e ao próximo. Mas, eu faria uma pergunta: Será que todos se encaixam neste modelo? Ou será que muitos, não têm o ego lhes enchendo o ouvido e dizendo: “Faça isso, faça aquilo, faça aquilo outro” E você faz dezenas de terapias, apenas para acumular os títulos que elas lhe dão. Porque o seu ego está lhe enchendo a mente que você precisa fazer aquilo, que será bom para você, você ter vários títulos e ser aquele terapeuta perfeito, porque sabe muito, de muitas coisas.

Aí eu lhe pergunto: Como você está aplicando isso tudo? Você conseguiu juntar tudo isso, para ajudar um irmão? Ou você até hoje fica tentando encontrar, qual desses dentro desse monte de coisas que você fez, lhe trará aquilo que você esperava? Gostaria que vocês se perguntassem isso. Muitos acham que se encher de títulos, de serem conhecedores de muitas terapias é suficiente; e eu diria que não. Então vamos voltar ao começo. O que é fazer uma ou aprender uma terapia holística, que lida com energias? O que é? É fazer para ter o título? É fazer para ajudar um irmão? É fazer porque: “Ah, vai me dar muito dinheiro!”.

Então eu diria que a principal resposta você não deu, que é ajudar na sua evolução, em primeiro lugar. Qualquer terapia que vocês façam, tem que ser voltada para o seu crescimento, para a sua evolução. Se isto ocorre, todo o resto vem junto. Então você se tratará, você tratará o outro, e consequentemente sim, você terá o retorno financeiro do seu trabalho. Então observem, que o maior objetivo ao fazer uma nova terapia, é a sua evolução. E um outro ponto que é muito importante: vocês escolhem uma terapia para fazer; e eu diria que muitas vezes, são seus mestres que colocam a terapia no seu caminho, porque eles entendem que ela será boa para você. Muito bem.

E aí você faz e acabou. Aprendeu o que tinha que aprender e parou por ali. É assim que você interpreta ser um terapeuta? É deste jeito que vocês entendem, que é ter formação numa terapia? Ou vocês teriam que se dedicar a estudar, sobre tudo referente àquela terapia? Ou vocês teriam que buscar professores, buscar colegas, buscar livros, não importa onde você buscará, mas você terá que estudar a respeito. Então eu lhe pergunto: Você vai trabalhar com uma terapia e não sabe nada sobre ela, apenas o que você aprendeu. Então, como você fará a sua propaganda? O que você passará para os seus clientes, sobre a sua capacidade de exercer aquela terapia? Eu diria que será uma propaganda fraca, uma propaganda sem fundamento, porque você se limitou a aprender o que foi ensinado e para você estava bom.

Muitos de vocês estão desesperados, à busca de algo, à busca de uma terapia, em que vocês possam ajudar o outro. Muito bem. Eu diria que é um grande objetivo, mas volto dizer que o objetivo maior não pode ser esse. O objetivo maior tem que ser a evolução de vocês, é o que vocês aprenderão, é o que vocês receberão de volta do Universo ao exercer aquela terapia, que é a sua evolução espiritual. Então eu posso afirmar aqui, que a grande maioria de vocês, está fazendo tudo errado. Está apenas focando, ou ajudar o outro, ou em ter o retorno financeiro, poder mostrar o título na parede de um curso que você fez. Caminho errado.

O caminho, primeiro, é a sua evolução, o caminho é o seu aprendizado, o caminho é o seu estudo profundo daquela terapia que você escolheu. Trabalhar com energias não é como uma profissão mecânica, que você aprende a colocar parafusos numa máquina e diariamente faz a mesma coisa. Realmente ali não precisa estudar muito, basta aprender aonde tem que colocar o parafuso. Agora quando você está mexendo com vidas humanas, com o caminhar de um irmão, isto não é uma receita de bolo que se repete e tem o mesmo resultado, porque não é assim. Cada um que chegar até vocês, virá com um problema diferente. Então, qual receita do bolo aplicar? Não existe em nenhum livro, mostrando exatamente o que vocês têm que fazer em cada caso.

Aí irá a sabedoria, o estudo, a concentração, a dedicação, àquela terapia. E você naquele momento, saberá exatamente o que fazer com aquele caso. Mas não, a maioria acha que basta saber aplicar o que foi ensinado e já está suficiente. E depois reclama: “Não, não deu certo, eu não consegui ir para frente!” Por que será? Por que será? Será que o seu objetivo lá no fundo, era verdadeiramente a sua evolução? Será que o seu objetivo lá no fundo, era aprimorar-se ao máximo, para justamente depois disso ajudar um irmão? Ou você achou apenas que bastava fazer uma única aula e já aprendeu tudo; já está pronto para atender uma pessoa?

Realmente, muitos de vocês vêm prontos. Como assim, vêm prontos? Suas almas em outras vidas já faziam isso, então a sua própria alma já lhe ajuda, já lhe mostra o caminho, lhe dá intuições. Então para estes, o caminho é fácil; e é como se, sem muito esforço, elas já soubessem tudo, o que têm que saber a respeito da terapia e o que têm que saber para um atendimento. Já muitos outros vão tentar, tentar, tentar e não vão sair do lugar, porque o foco está sendo errado. É uma escolha desta vida, ou pode até ser uma escolha do passado longínquo de sua alma, em que tem que ser tudo relembrado.

Então, como fazer para o caminho dar certo? Estudar, se aprofundar, mostrar ao universo, que você tem efetivamente interesse naquilo que você fez, interesse de coração em aprender e principalmente em evoluir, em acreditar no tanto que aquela técnica irá ajudá-lo, na sua caminhada. Depois que você fizer todo este processo inicial, aí sim você estará pronto para o atendimento, você estará pronto para ensinar. E cada um que chegar a você, será um ensinamento. E aí, você irá ganhando a famosa “experiência”. Sim, é desta forma que vocês vão crescendo; é desta forma que vocês vão se tornando bons terapeutas.

Então, não encarem as terapias como receitas de bolo. Como vocês vão lá, fazem uma única aula ou mais, não importa; e já se acham prontos: “Ah, eu estou pronto para trabalhar já”. Não sabem nem o que significa o que vocês fizeram. Muitas vezes vocês fazem o curso, entram de um jeito e saem do mesmo jeito, sem entender nada; mas estão com o título na mão, então já podem começar a trabalhar. Mas aí nada dá certo, não aparece ninguém. Por que será? Será porque o universo está tentando lhe mostrar, que você fez tudo errado? Que você efetivamente não entendeu nada? E como que você quer atender o outro? Reconheço que trabalhar com energias, nunca fará mal a ninguém, a menos que você mande energia ruim, o que não é o caso das terapias.

Mas digo a vocês o seguinte: Quando alguém procura uma terapia, para ajudar-se, esta pessoa está com problemas e ela quer ajuda. Então se você é um bom terapeuta, você terá a capacidade de ajudá-la, efetivamente você estará ajudando-a. Agora, se você é aquele terapeuta que apenas tem um título, ela entrará e sairá do mesmo jeito e não voltará mais a ter com você. Então busquem dentro dos seus corações, o que efetivamente vocês estão buscando. Não entrem em modismos: “Ah, todo mundo está fazendo, vou fazer também”. Para quê? Apenas pelo título? Não existe receita de bolo em terapias holísticas. Cada paciente será um paciente.

Então busquem dentro dos seus corações, o que vocês estão querendo. E depois não saiam dos cursos, reclamando que nada aconteceu. Apenas ouçam seus corações e vejam qual o objetivo que vocês fizeram aquele curso. É o mesmo caso de fazer muitos e não se encontra em nenhum. Por quê? Porque você não se dedicou efetivamente à nenhum deles; você só foi somando títulos, mais nada. Você não parou para estudar cada um que fez, porque se tivesse parado, você não teria vários, teria um ou mais alguns, mas não muitos, como muitos estão fazendo.

Isto não é evolução. Fazer cursos não indica evolução, a evolução está em aprofundar-se no que você fez, é entender a terapia, é buscar respostas naquela terapia e principalmente, tratar-se em primeiro lugar. Vocês acham bonito abrir a boca e dizer: “Quero tratar o outro” Onde o grande objetivo não é esse; o objetivo tem que ser tratar vocês mesmos, em primeiro lugar. Depois que vocês perceberem, o tratamento que vocês receberam com aquela terapia, aí sim, eu digo que vocês estarão prontos para iniciar uma caminhada de atendimento.

O desespero não leva à nada. O foco no financeiro também não leva À nada. Não é desta forma, que vocês vão ter a energia do dinheiro circulando no seu caminho. Ela circulará, sim, mas desde que essa seja uma consequência, não o objetivo principal.

Posts recentes

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Minha Experiência

Carrinho de compras