Sananda – Tomem Cuidado com o Ego

Queridos filhos e filhas do planeta Terra! SOU SANANDA!

Dizer que é com muita alegria que estou mais uma vez aqui, é repetitivo, sim é, mas não posso deixar de expressar o que sinto. Meu coração está cada vez mais iluminado recebendo a Luz deste lindo planeta. A Luz do Sol de Alcyon está inteiramente na atmosfera do planeta Terra. O planeta é uma grande bola de Luz, muita Luz. Mas parece que muitos ainda insistem em não querer ver esta Luz, insistem em continuar vivendo tudo aquilo que trouxe a sua civilização ao ponto que está hoje.

É uma pena! Os vícios, os prazeres efêmeros, tudo aquilo que tira a consciência do momento trazendo uma consciência vã e totalmente sem sentido, é o que é buscado por muitos no seu planeta. O sentimento do Amor está sendo banalizado; existe apenas o prazer. Não há entrega de sentimentos, há apenas o momento. Não achem que eu estou melancólico nem triste, posso dizer que de certa forma estou triste sim, porque eu gostaria que toda a humanidade hoje estivesse vibrando junto com a Luz que aí está; estivesse no caminho da evolução; estivesse no caminho da ascensão.

Mas infelizmente muitos estão fazendo valer suas próprias ideias, sem se importar com o que o outro está sentindo; é o que pensa que tem valor. Não há respeito pelo outro. Isto sim me deixa triste. Dentro desta longa caminhada de todo este processo que está perto do fim, eu consegui abrir os olhos de muitos, fazer com que vissem a verdade, e escolhessem o caminho certo; isto me deixa extremamente feliz, porque sei que estas almas, estes filhos e filhas, estarão muito em breve juntos a mim reunidos num grande coração.

Infelizmente, não posso dizer o mesmo de todos. Muitos falam com palavras que amam; amam por palavras, não por gestos, não com atitudes, não com sentimentos. Amam de forma distorcida e totalmente diferente do significado que é verdadeiramente o amor. Cada um de vocês neste momento tem muitos sentimentos dentro de suas mentes e corações; sentimentos bons, sentimentos ruins. Então eu pergunto a cada um: Qual o lado da balança está mais pesado?

Você hoje está vibrando qual lado? Sentimentos positivos em sua maioria, ou negativos em sua maioria?

O ego gosta de ser paparicado, gosta de ser adulado, e quando isto não acontece o ego se levanta com força total e coloca os seus pontos de vista, que geralmente não são pontos positivos. Muitos estão assim hoje, encontrando suas próprias decisões, opiniões, entendimentos, e se manifestando, deixando ego inflar novamente. O ego muitas vezes é como aquela criança que quer ganhar um presente; ela quer aquele presente. Mas por algum motivo aqueles que doarão o presente acham que podem doar um presente maior, mas o ego daquela criança quer aquilo que ela queria. Então ao receber o presente muito melhor, a criança faz birra, chora, esperneia, porque não era aquilo que ela queria, ela queria aquele outro presente.

Mesmo que aquele seja um presente muito melhor ela não se dá conta ela continua esperneando querendo o que ela queria. Assim funciona o ego. Ele cega o entendimento de vocês, porque vocês querem do jeito que vocês querem; não querem nada diferente, mesmo que seja melhor. Então eu faço uma pergunta aqui: Qual o presente agradaria a todos no planeta? Todos sem exceção. Eu respondo: Nenhum, porque mesmo que fosse o presente mais maravilhoso haveria aquele que iria reclamar, não iria gostar; iria querer o que ele queria.

Assim é o ego humano. Vocês ainda precisam se libertar em muito das armadilhas do ego. Vocês precisam aprender a ver com amor, com os olhos do amor, não com os olhos do ego. Ainda há uma longa caminhada para vocês, porque para perder o poder do ego não é fácil, ele é forte, dominador, intransigente, e em alguns momentos consegue dominar a mente de vocês, tirando cada um do caminho do amor, apenas o amor.

Vocês querem mudanças, vocês querem um mundo melhor, mas vocês mesmos não mudaram; vocês ainda se deixam levar pelo ego e no Novo Mundo não pode haver ego, porque não existe o Eu, existe o Todo. Você passa a existir pelo Todo, e o Todo existe por você. É assim que funciona a Quinta Dimensão. Então enquanto vocês vibrarem o ego o caminho se tornará arrastado, lento, bem dificultoso, para que vocês aprendam a anular o ego, a não pensar apenas em si, e sim olhar para o Todo.

Meus filhos e filhas, a mudança deste mundo cabe a cada um de vocês. Se vocês hoje, como um todo, resolvessem eliminar todo o mal deste planeta vocês conseguiriam, e a Terra ascenderia instantaneamente, porque todos vibrariam amor. E por que isto não acontece? Porque cada um está voltado para si mesmo, para as suas necessidades, para as suas querências, para os seus desejos, não para o Todo. Enquanto esta atitude prevalecer na mente de cada um do planeta a ascensão se torna cada vez mais longe; não a de Gaia, porque a de Gaia tem um tempo certo e ao chegar o dia limite ela ascenderá, com ou sem vocês. Irá com ela quem tiver conseguido naquele momento eliminar o ego, deixar de ser Eu e ser o Todo.

É por isso que o seu mundo não melhora, e é por isso que esta massa está aí tão conectada, tão junta a vocês neste momento, porque ela sabe manipular os egos; ela leva à mente de vocês aquilo que o ego quer ouvir, aquilo que o ego quer pensar, e vocês se juntam a ela. E aí está o mundo que vocês estão vivendo. Cabe a cada um anular o ego, e ao fazer isso esta massa não mais o manipula, porque você deixa de pensar só em si para pensar no Todo e isto não tem como esta massa agir.

Como está o seu coração agora, pensando em si mesmo ou pensando no Todo? Qual a sua interpretação a respeito do que está a sua volta? Você quer reclamar, você quer contestar, você se acha injustiçado? Isso é o seu ego falando; ele está se sentindo assim fomentado por esta massa que está aí. Agora cabe a você sobrepor as ideias do ego, e parar de pensar apenas em si mesmo.

A caminhada, meus filhos e filhas, não é fácil. É como uma grande escalada, em que muitas vezes aquele gancho que os prende a montanha não é suficientemente forte para mantê-lo preso e você cai. Pode ser que você caia alguns metros e pode ser que você caia muito; sem contar que você poderá se machucar bastante. Mas o que fez aquele ferro não ser suficientemente forte para lhe segurar? A força que você colocou ele na montanha. Você não o colocou com força, com garra, e ele não foi penetrado suficientemente para lhe segurar. Assim é o caminho de vocês.

Vocês pensam que estão se elevando, acreditam que estão no caminho certo, e não colocam aquele prego na montanha o profundamente necessário para mantê-los lá, e vocês caem; caem em vibração, caem em pensamento, e têm que continuar subindo, se este for o desejo de vocês, ou simplesmente se deixar descer, é bem mais fácil a descida, é rápida. A decisão é de cada um: plantar pregos suficientemente fortes e profundos para lhe sustentar naquele ponto da caminhada ou fazer tudo superficialmente e ao chegar lá naquele ponto, ele não lhe suportar, e você cair. Como vocês estão plantando seus pregos na montanha? Com coragem, com fé, com certeza ou dando pequenas batidinhas?

É um fato a pensar. Onde vocês estão se enganando, se achando suficientemente prontos, mas ao chegar naquele ponto escorregarem, o prego soltar, por quê? Porque vocês não estavam prontos, vocês voltaram ao ponto onde suas vibrações levaram vocês. Entendam uma coisa, vocês acham que nos enganem; e eu digo uma coisa muito importante: Não pensem em nós. Nós não ficamos acompanhando a caminhada de cada um. Cada um cria a sua caminhada. Se ela é forte, se ela é correta, os pregos são profundos, e você sobe, sempre. Agora se você não toma cuidado com os pregos você cai, mas não sou eu nem nenhum outro Ser de Luz, que fez você cair; foi você mesmo, com as suas decisões, com os seus pensamentos, com as suas vibrações.

Então não pensem que nos enganam, vocês estão enganando a vocês mesmos. Parem de se enganar. Olhem com verdade para a própria caminhada. Ela diz muito sobre você; muito. Não culpe o universo por suas dificuldades, elas foram criadas por você. Em algum ponto elas foram criadas. É isto que muitos se recusam a ver e se acham sempre injustiçados, e o ego adora colocar isso. Vamos tentar parar de se enganar? Parem, sentem, olhem o que tem sido a caminhada? Difícil, mas vitoriosa; de uma certa forma você está no caminho certo. Agora se a sua caminhada é um sobe e desce, você está emanando isso, ninguém mais; ninguém é culpado por isso, só você mesmo.

Então que cada um neste momento olhe para trás e veja o caminho que já trilhou. “Ah, mas o caminho tem sido muito difícil!”. Até onde você não está tornando ele difícil? Até onde você não age apenas com o ego? Reclamando, blasfemando, até onde? Parem de olhar para trás. O momento é de olhar para frente ou para cima como queiram. Você trilhou um caminho de pedras até aqui, mas daqui para frente poderá ser um caminho liso, com flores e sem espinhos, basta que você vibre isso; basta que você queira isso.

Mas não querendo apenas para o seu bem. Seguindo um caminho que seja limpo, florido e sem espinhos para você mas para o Todo também. Aí eu lhe garanto que a sua caminhada toma novos rumos, por que você para de olhar para baixo para você mesmo, você passa a olhar para frente e quando olha para frente você vê o Todo. Então você vê um caminho florido e sem espinhos para todos. Este é o segredo.

A caminhada continua, ninguém está parado, a menos que queira parar. Então apenas deixo esta mensagem como um pequeno aviso: Cuidado com o ego, muito cuidado, porque ele é ardiloso. E muitas vezes leva você a caminhos inesperados.

Posts recentes

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Minha Experiência

Carrinho de compras