Sananda – Um Teste de Vibração

Queridos filhos e filhas do planeta Terra! SOU SANANDA!

E como sempre não deixarei de ser grato por mais este momento. Quero trazer a vocês hoje, um assunto que já foi e tem sido extremamente debatido ao longo desta caminhada com vocês. Eu gostaria que cada um, se possível, fizesse um experimento. Tivesse em seu poder duas pequenas mudas de planta; idênticas, iguais em tamanho, em espécie, tudo igual. Colocasse ambas no local apropriado, tudo certinho, com o interesse de ver ambas crescendo, se desenvolvendo. Este experimento não é obrigatório, mas será uma forma de vocês entenderem o que vou explicar:

A cada dia ou de vez em quando, não precisa o compromisso diário, quando vocês forem colocar água, peguem uma das plantas na mão e diga: “Eu amo você. Eu emano amor e Luz para você”. Só isso, coloque a água e ponha lá. Pegue a outra planta; por favor identifiquem uma e outra. Na segunda planta vocês vão dizer: “Eu odeio você, você é feia, não gosto de você”. E coloque água. Apenas observem. Pode ser que no mesmo dia a segunda planta morra, dependerá da frequência, da vibração da sua energia; outros passarão alguns dias até que a segunda planta venha a morrer. Enquanto a primeira se desenvolve rapidamente.

Então qual é o sentido deste experimento? A frequência que vocês emanam. Então vamos colocar que, quando vocês emanam amor, emanam alegria, vocês estão emanando sentimentos compatíveis com a Luz, e a intensidade da vibração é proporcional ao grau de alegria que vocês estejam. Se vocês estão naquele dia que riem à toa, com certeza a vibração de vocês está lá no alto. Mas também pode ser um dia em que você está normal, mas emanando amor, a vibração não estará tão alta, mas está numa frequência compatível com a Luz, porque você está vibrando amor. Jamais quem vibra amor, vibra contrário à Luz. Não importa a intensidade do amor, vocês estarão sendo compatíveis com a Luz.

Então se vocês se relacionam com alguém, com alegria, com amor, com boa vontade, com harmonia, com zelo; todos esses sentimentos são compatíveis com a Luz. Então vocês estão emanando para aquela pessoa esta faixa vibratória e ela receberá. Não importa a vocês como aquela pessoa receberá. Ela poderá estar num dia triste, mas ao perceber aquela faixa vibratória de puro amor, ela mudar a frequência dela porque ela ganhou uma frequência positiva, que poderá ser suficiente para tirá-la daquele estado.

E se não foi naquele momento, se ao longo do dia vocês continuarem emanando esta energia positiva, vocês poderão ser capazes de tirar aquela pessoa literalmente daquele estado negativo em que ela se encontra. Se vocês emanam esta energia positiva e a pessoa já está num estado também de Luz, ótimo, vocês juntas estarão emanando energia para o planeta, para mais pessoas à volta.

Então percebam, se há alguém que precisa de uma energia positiva, ela receberá tudo aquilo que você estiver emanando, até que chegue ao ponto dela emanar também. E aí sim, vocês começam a emanar para quem está mais à volta, porque você continua emanando alegria, amor e ela passando a emanar alegria e amor, esta egrégora em torno de vocês vai crescendo e não há limite. Quanto mais vocês emanam, mais a egrégora aumenta, e vocês passam a influenciar os vizinhos, os amigos, aos colegas de trabalho, aos próprios familiares, aos animais, as plantas, tudo à sua volta.

Da mesma forma que se vocês começam o dia reclamando de tudo, esbravejando, achando chato, o que vocês estão emanando? Energias negativas, de baixa vibração. Então se no dia anterior você esteve alegre, encheu a sua casa de energia positiva, neste dia você consumirá tudo, porque você está consumindo aquela energia positiva que estava ali com os seus sentimentos de baixa vibração. E pior, está emanando para quem está à sua volta. E se aquela pessoa que estava à sua volta, também não estava bem, o somatório dessas energias negativas não será bom para ninguém, podendo acarretar brigas, sofrimentos, agressões, tudo dependerá do nível da energia que é emanada. Percebem?

Então quando falamos, vibrem alto, vibrem amor, não estamos falando nada impossível, nem nada que não possa ser testado. Para quem não acredita, faça o teste da plantinha. Muitos poderão me perguntar: “Mas você desta forma matou uma planta!” E eu digo a vocês, ela morreu feliz, porque ela conseguiu mostrar uma grande lição. A energia dela foi captada por aquela outra planta. Não energia negativa, porque ela não era negativa. Você colocou o meio a volta dela negativo, a ponto de fazê-la morrer. Mas a energia emanada nela após a sua morte, foi para outra planta com muita alegria, por ter conseguido mostrar a você uma lição. Nem tudo é ferro e fogo. Tudo tem um propósito e neste caso, aquela planta cumpriu o seu propósito, que foi lhe mostrar uma lição.

Então percebam o que vocês estão emanando, quando criticam, quando julgam alguém, quando reclamam, quando afirmam frases negativas; a energia que vocês emanam consome tudo de positivo que estaria à sua volta, baixando inclusive a energia do ambiente. Então aprendam a só emanar coisas positivas, a falar frases positivas, a pensar coisas positivas. Não deem vazão ao medo, que é a energia mais forte que existe, negativamente falando. Se vocês emanam medo, este medo é um vórtice que suga rapidamente a energia positiva que está ali, de tão potente que ele é. Mas vocês não se apercebem disso, acham que tudo isso é bobagem, acham que falamos, falamos, falamos, e não há provas do que falamos.

Então faça o experimento, jogue naquela planta o que você emana durante o dia e depois veja o resultado. Estamos alertando vocês, o medo está espalhado no planeta. Não é o microorganismo que causa tudo isso, são vocês. Digamos que numa floresta tem um urso que faz muito barulho e todos temem por este urso. Ninguém se atreve a entrar naquela floresta, porque sabe que ali tem um urso. E todos em volta emanam medo. Este medo

alimenta a maldade daquele urso, porque ele sente aquela vibração. Então ele se sente cada vez mais poderoso. Quanto mais barulho ele faz, mais medo quem está volta sente e ele vai se achando a cada dia mais poderoso. E sempre ruge cada vez mais longe para espalhar cada vez mais medo.

Até que um dia alguém pensa: “Quantos ursos serão?” Porque pensam que pelo rugido daquele urso, são vários. Então resolve investigar. Se armam… sim, precisam se proteger porque aparentemente é um urso imenso ou são vários ursos. Ninguém pode afirmar nada. E todos começam a caçada. E ao final descobrem que aquele urso enorme ou aquele grupo de ursos, era apenas um só, que rugia por estar doente, por estar machucado, aquele rugido era um rugido de dor, não ameaçador. E onde ele estava, fazia eco, então parecia que eram vários ursos extremamente perigosos.

Então vamos entender esta parábola. Quem estava à volta, criou a fábula do urso. Era um, eram vários, imensos, enormes que matavam à todos que tentavam entrar na floresta. E as histórias foram aumentando ao longo do tempo e aquele urso, foi recebendo aquela energia tão forte de medo, que ele mesmo acabou doente; no entanto ele estava praticamente inofensivo.

Então vamos lá, vamos trazer a história do urso para o seu mundo atual. É um pequeno microorganismo, que já não tem malignidade nenhuma, mas vocês alimentam a malignidade dele. Como? Com o medo que vocês sentem dele. Ele é aquele urso que vocês ouvem rugir e vocês o imaginam imenso, perigoso, assustador; e o medo só alimenta esse vírus. O medo traz tudo isto que ele causa. Por que a maioria não tem mais nada? Porque não sente mais medo, eles vem como vem “n” outras tantas doenças. Agora quem vibra o medo, quem vibra o pavor por ele, se conectará com a energia negativa dele. É só isso que eu tenho a dizer.

Façam suas escolhas. Observem o que vocês emanam? Medo, do quê? De morrer, por quê? Pensem a respeito. Qual o medo você está emanando agora neste segundo? E eu digo a você, que a energia que você está emanando, está alimentando a mesma energia em outras pessoas, criando uma grande egrégora de medo em todo o planeta, que destrói rapidamente tudo aquilo que fazemos.

Percebem o que vocês fazem pelo planeta e por vocês mesmos? Cobrar-nos que nada acontece é fácil, agora atuarem de forma a ajudar a todo o processo, isto não é com vocês, é problema nosso, não de vocês. Muito bem. Não se esqueçam que vocês têm algo chamado livre-arbítrio e é ele que determina o que acontece em seu planeta, não nós.

Então pensem muito a respeito do que vocês andam emanando. Pensem muito, mas muito mesmo. O que vocês querem? O que vocês querem para o seu futuro, para o futuro do planeta? Emanem o que vocês querem para o futuro, porque o futuro para nós não existe, é o aqui e o agora. E cada aqui e agora, é gerado com base no que foi emanado há segundos atrás. Então pensem a respeito. Pensem muito.

Posts recentes

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Minha Experiência

Carrinho de compras