Sananda – Vamos Manter a Energia Positiva para o Encontro

Queridos filhos e filhas do planeta Terra! SOU SANANDA!

Meu coração está explodindo de alegria pela proximidade do nosso encontro e quando falo nosso encontro realmente estou me referindo a estar com todos vocês. Não importa se você estará fisicamente, próximo ou distante, eu estarei com todos, cada um cujo coração vibrar Amor por este Ser de Luz que aqui está. Eu estarei dentro do seu peito emanando toda a minha Luz e minha energia. É importante que aqueles que estarão distantes se mantenham conectados, é como se estivessem participando lá onde todos estarão e eu garanto a vocês que vocês estarão lá.

Eu gostaria de fazer um pequeno pedido a cada um de vocês: vamos vibrar energias positivas, vamos vibrar alegria por este grande encontro. A egrégora já está linda, extremamente imensa para conter todos vocês. Não importa onde estarão. Então vamos manter esta egrégora iluminada, não vamos permitir que aborrecimentos, que sentimentos de contrariedade minem esta egrégora. Tenham certeza que para o Todo este encontro não passará despercebido. Então é muito importante que cada um faça a sua própria parte, eu diria que dentro da egrégora nada acontecerá, porém fora dela vocês estão expostos.

Então é como se todos estivessem sendo observados e a um pequeno deslize pudessem ser atingidos por energias que vocês não gostam. Qual o intuito? Fazer com que o coração destes até participe, mas não integralmente com Amor e alegria. Não se esqueçam, tem uma massa negativa muito forte no planeta e ela está literalmente na superfície. Então vocês serão provocados, vocês serão atingidos, vocês serão manipulados, se permitirem que isto aconteça. e como se permite isso? Fazendo o que vocês fazem de melhor; reclamando, não gostando do que está acontecendo, emanando até raiva.

Isto é o bastante para eles baterem palmas e começarem a atuar sobre vocês, fazendo com que este sentimento de contrariedade aumente cada vez mais. Então é importante que cada um compreenda que tudo que lhe acontece não é por acaso, não culpem o outro pelo que acontece com vocês, o outro é apenas um instrumento para pequenas lições, para pequenos aprendizados. Então em vez de vocês reclamarem, ficarem contrariados, culparem o outro, façam uma autoanálise, a pergunta é a seguinte: “Por que eu atraí isso o que fiz para que isto acontecesse?”

Esta é a pergunta, este é o aspecto que tem que ser considerado, não o erro em si, não o aborrecimento em si. Se isto aconteceu com você, de alguma forma você emanou isso e só está recebendo de volta. Muitas vezes as pessoas são instrumentos e também elas precisam fazer este questionamento; “Por que eu gerei tantos problemas? Por que eu atraí tanta desorganização? Por que eu atraí tantos entendimentos mal feitos?” Todos precisam olhar para dentro e encontrar estas respostas. Porque onde não há lição a ser aprendida, não há problema, tudo acontece facilmente, sem percalços, sem erros, sem aborrecimentos.

Onde existe qualquer um destes pontos é porque tem algo aí a ser aprendido, em ambos os lados. Então eu sugiro que cada um olhe para dentro e procure encontrar onde que emanou isso tudo. A questão aqui não é o autojulgamento, não é ficar apontando o dedo para si mesmo, é preciso que vocês aprendam a não repetir os erros. Meus filhos e filhas, às vezes um coração grande demais não tem espaço para tanta coisa, porque as pessoas não são como vocês querem, as pessoas são o que elas são. Então não basta ter um coração imenso, não basta querer fazer tudo certo. Isto bastaria se fosse apenas quem está fazendo, mas não é.

Cada um quando escolhe esse caminho, envolve muitas outras pessoas, cada uma com o seu caminhar, cada uma com o seu jeito de ser, então pode-se esperar qualquer coisa. Então eu vou repetir: que cada um no dia de hoje, no dia de amanhã, e no dia do encontro, ao ter a ansiedade de reclamar de algo, pense imediatamente, que tem uma energia ao seu lado, pronta para atuar em cima do que você irá fazer. Apenas compreenda, aceite, o momento agora não é de reclamar de mais nada, acabou, o que tinha que ser feito foi feito, não há como mudar. Então para quê reclamar, para quê? Para serem atacados por essa energia que está rolando no planeta?

O momento é de exercer aquele grande sentimento, o perdão. Perdoe o outro por não saber lhe entender, perdoe o outro por não saber como atender ao que você gostaria, só isso, esse é o momento, de mais nada, não há mais o que ser feito. E eu garanto que muitos se fizerem este exercício, entenderão o porquê estão passando. Então é um pedido que eu faço: Foquem no momento, foquem no encontro, foquem na alegria que será aqueles que estarão fisicamente juntos se conhecerem, olhar nos olhos uns dos outros, abraçar, ser abraçado, isto é que é o importante agora. Então foquem neste sentimento, no sentimento da alegria, no sentimento da fraternidade, de futuras amizades.

É isso que vocês precisam ter foco agora, o resto de nada adiantará. Tenham atenção ao que vocês fazem, não saiam espalhando negatividade sem sentido, olhem, olhem de novo, mais uma vez, quantas vezes forem necessárias, sem emanar sentimentos ruins. Deu errado, paciência, ficará errado, não há o que ser

feito. Então apenas busque a solução para o problema, não adianta remoer o problema, porque não há mais o que ser feito. Então vamos fazer isto? Vamos todos vibrar numa grande atmosfera de alegria e fraternidade? Deixando os contratempos bem pequenos, quase sem importância em suas mentes, é o que eu estou pedindo agora.

Mas que vocês não se esqueçam, de analisar o porquê isto está acontecendo, tudo tem um porquê, porque tudo é consequência de algo emanado. Peçam ao Eu Superior, que mostre a vocês porque vocês estão passando por isso. Para que vocês entendam e aprendam, o outro foi um instrumento de uma lição que você tem a aprender. Então eu espero que cada um a partir de agora, foque apenas no encontro, na alegria que será abraçar todos que vibram na mesma energia deste grande grupo, é isso que eu peço, nada mais.

Posts recentes

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Minha Experiência

Carrinho de compras