1o. Encontro da Jornada da Chama Violeta – Saint Germain

É com muita alegria que estou aqui, hoje, para poder colocar alguns pontos sobre a jornada da chama violeta! SOU SAINT GERMAIN!

A primeira pergunta que faço e gostaria que cada um de vocês respondesse com muita veracidade e com muita verdade:

  • Por que vocês estão nesta jornada?
  • Qual o grande objetivo?

Então, eu gostaria que cada um de vocês (agora sei que não é possível, porque ninguém tem papel e lápis na mão, mas nas próximas reuniões, tragam papel e lápis), mas eu gostaria que vocês separassem um pequeno caderno ou algo parecido, que vocês possam anotar tudo o que eu disser aqui. Não é simplesmente pegar tudo que eu disser e copiar, mas eu deixarei alguns pontos para serem respondidos por cada um de vocês. Então, este é o primeiro! Depois, tenham certeza que alguém irá listar esses pontos para vocês. O primeiro ponto é este: Por que você decidiu estar na Jornada da Chama Violeta? Qual o seu propósito? Por que você quis fazer parte?

A ideia aqui não é escrever, pensando que estarão falando com alguém do grupo. Vocês estarão falando diretamente comigo, então, a resposta tem que ser muito clara e muito verdadeira, porque eu estarei olhando cada resposta e saberei as que não forem verídicas. Então, respondam com o coração. Eu poderia até dizer que este caderno, este bloco, o que vocês escolherem, será como um diário. Um diário da sua caminhada, um diário, onde vocês apontarão tudo o que for solicitado.

Então, vamos à segunda pergunta:

  • Qual a sua maior dificuldade em seguir a jornada?

Não quero respostas referentes a problemas com a tecnologia, não é esta a intenção da pergunta. A dificuldade é sua em seguir a jornada. Tirem qualquer ponto referente a dúvida, a dificuldade que vocês tenham em relação à tecnologia.

Pergunta número 3:

  • Onde você pretende chegar com essa jornada?
  • Qual o seu propósito?

Cada um de vocês espera algo. Quando vocês decidem fazer algo, seguir algo, alguma intenção existe em suas mentes, em seus corações. Entã,o qual a intenção? Qual o propósito de vocês seguirem esta jornada? Percebam que essa pergunta é um pouco parecida com a primeira, mas não é igual. É como se a primeira fosse o porquê e esta fosse o quê você almeja, aonde você quer chegar. Por favor, não sejam tão simplistas em responder que querem chegar à Quinta Dimensão, isso todos nós sabemos. Sejam verdadeiros com vocês mesmos.

Pergunta número 4:

  • O que você sente efetivamente quando você repete um decreto 7 vezes?
  • Como você se sente? Chateado por ter que repetir 7 vezes? Compenetrado a cada fala do Decreto? Fala o Decreto sem nenhuma intenção? Como você se sente? Como você faz os Decretos?

E a quinta e última pergunta:

  • Você está compreendendo cada capítulo que está sendo apresentado?

Esta resposta é sim ou não, não quero outras respostas, não quero explicações. Eu só quero, sim ou não.

Então, aguardem que, em breve, vocês terão essas perguntas por escrito. Coloquem em seus cadernos ou onde vocês queiram. Eu gostaria que vocês fossem muito introspectivos. Essas perguntas não são para serem discutidas no grupo, é exatamente o que cada um entendeu. Se você não entendeu a pergunta, pergunte a mim e eu lhe ajudarei. Eu não quero comentários nos grupos sobre estas perguntas. Vocês irão responder e deixar anotado no caderno. A cada 15 dias, vocês terão novas tarefas. Essas são as primeiras, então, respondam com muita liberdade porque ninguém lerá o que vocês estão publicando nos seus cadernos. Apenas nós, os Seres de Luz, é que estaremos ali junto de vocês, sentindo o sentimento que será colocado em cada pergunta. Temos a capacidade de ler, obviamente que temos, mas não buscamos palavras, buscamos sentimentos.

E qual é o grande intuito com estas perguntas? Perceber exatamente o rumo que a jornada está tomando, onde precisamos melhorar, onde precisamos estabelecer novas regras para que vocês consigam conviver durante todo o tempo que durar a jornada. Então, é desse jeito que queremos trabalhar. Não tenham medo, nem vergonha do que vocês irão responder, não é para mostrar para ninguém, as respostas são íntimas de cada um. Então, a tarefa está passada. Existe prazo para responder? Não! Eu tenho obrigação de responder? Não! Apenas, eu lhe faço uma contra-pergunta: Então, o que estais fazendo nessa jornada? Se você não aceita seguir o que está sendo pedido e que tem como objetivo observar e ajudar mais ainda vocês, o que fazes nesta jornada? Mas a escolha é de cada um de vocês, ninguém está aqui obrigando ninguém a nada, tudo são escolhas. Eu, apenas, sugiro que vocês respondam, antes do nosso próximo encontro, porque no próximo terá mais atividades a serem feitas.

Então, eu somente queria, de tudo que temos observado, principalmente no grupo, onde vocês estão supostamente estudando, é que muitas regras que foram passadas, não estão sendo cumpridas. É uma pena! Porque quando vocês sabem que têm regras e não as cumprem, o que vocês passam para nós? Qual o sentimento que é emanado por vocês, quando vocês fazem isso? Rebeldia? Arrogância? Não, nada disso! Digamos que, é como se vocês vivessem no mundo isolado, no mundo em que vocês fazem as regras, não seguem regras de ninguém. E aí, eu lhes digo que este mundo isolado, totalmente sem comprometimento, sem regras, com muita liberdade é um mundo de ilusão, onde o seu ego é que está dando as ordens. Então, aqueles que não aceitam, não suportam, não cumprem as regras, observem os seus egos porque estão imensos. E digo a vocês, aqueles que efetivamente não se importam, não leem, não procuram saber como se comportar dentro de uma grande comunidade, a própria energia tirará vocês dali. Porque aqueles que aceitam as regras, que seguem o que é dito, estão seguindo a jornada, estão elevando suas vibrações. E vocês que insistem em não cumprir, não manter as regras, ficam no mesmo lugar, não saem daí. Então, chegará ao ponto em que vocês não se sentirão bem e acharão que aquilo não é para vocês, e automaticamente vocês saírão.

Então, este é um ponto que eu gostaria, também, que vocês anotassem nos seus cadernos:

  • Como é o seu comportamento dentro desse grande grupo?
  • Você se importa com outro?
  • Você pensa antes de escrever?
  • Você analisa o que está colocando ali?
  • Você se importa com quem está lendo o que você colocou do outro lado?

Façam essa análise, essa autoanálise, e respondam essas perguntas. Existem regras e mais regras serão colocadas, porque cada um de vocês quer impor a sua ideia, muitos querem compartilhar a ideia, muitos querem discutir ideia, o entendimento. Acontece que naquele meio tempo, aqueles que não respeitam as regras, enchem com coisas frívolas e fúteis, repetindo assuntos que não eram para ser ditos ali e vocês se perdem. A resposta àquela pergunta, àquela discussão que estava tão agradável, de repente, se foi porque entraram muitas mensagens sem sentido e atrapalhou o raciocínio de todos. Então, porque não aproveitar essa jornada e aprender a ter respeito aos outros? Se existe uma discussão, se existe um tópico sendo debatido, aguarde o final daquela discussão, observe a posição dos outros, não tente fazer valer a sua posição. Quando aquele grupo acabar aquela discussão, aí sim, você poderá colocar o seu entendimento e gerar uma nova discussão. E todos que quiserem colocar, teriam que esperar àquela discussão acabar para colocar um novo tópico. Mas não, vocês se atropelam, ninguém para, para ler o que está sendo dito acima, “Eu quero colocar a minha mensagem” e pronto! Isso é ego, um ego imenso. Então, digo para vocês: Aprendam a respeitar os outros, conversando. Se existe uma conversa ali, participem dela, não imponham outro assunto só porque você está com vontade de falar sobre aquele assunto. Isto também é aprendizado, isto também é uma forma de respeitar a opinião alheia. Muitas dúvidas que vocês colocam, não são dúvidas, são geradas pela falta de leitura e foco no que foi dito. Se vocês lessem e ouvissem com atenção, não fariam tantas perguntas. Mas vocês não querem perder tempo de ler e de ouvir, querem chegar tumultuando tudo e perguntando exatamente o que está escrito lá no começo, aí o que acontece? Muitos não estão mais entrando no grupo, porque não aguentam ver tantas coisas desnecessárias escritas ali.

Foi comentado e autorizado por Sananda que vocês comentem sobre os Decretos, os Capítulos em seus grupos das Cartas de Cristo, façam isso! Não quero que a jornada seja a prioridade no grupo das Cartas, o grupo das Cartas é para estudo das Cartas. Agora, tirem um dia e se reuniam para estudar os Decretos, os Capítulos, serão menos pessoas e será mais produtivo o estudo. Sananda me deu essa autorização, que vocês pudessem usar o assunto nos seus grupos. Deixando para aqueles que não querem fazer parte de grupo das Cartas, o outro, grande grupo. A cada mudança, a cada planejamento que temos para ajudar vocês nesta caminhada para a Quinta Dimensão, tudo isto é previsto por nós. Sabemos exatamente como as coisas vão acontecer. Então, digo para vocês, espero que o que estou dizendo aqui, agora, todos que estão naquele grande grupo, ouçam: Se vocês continuarem sem respeito às regras, sem ler e ouvir com atenção tudo que é informado, este grande grupo será encerrado. Por quê? Posso garantir a vocês que não está tendo resultado que nós gostaríamos, por quê? Porque vocês não respeitam o outro falando, querem sempre impor à sua voz. Espero sinceramente que vocês comecem a aprender a viver em comunidade, onde todos se respeitam, onde todos permitem que o outro fale, não queiram sempre impor à sua palavra, o seu momento. Não entendam isso como uma ameaça, eu estou dando as orientações para que tudo mude. Agora, se não mudar, nós encerraremos o grupo e vocês terão que estudar cada um por conta própria, ou dentro dos grupos das Cartas. E aí, aquelas dúvidas, aqueles pontos que vocês não terão com quem conversar, vocês vão escolher como resolver as dúvidas. Então, pensem muito a respeito, no comportamento de vocês, ninguém é criança para fazer bagunça. Quem entra com objetivo de bagunça, eu lhe garanto, não fica no grupo. Nosso objetivo não é ver este tipo de colocação dentro de um assunto tão importante.

E uma outra coisa! Anotem as dúvidas que vocês têm. Este caderno será o espelho do que vocês estão vivendo e sentindo nesta jornada. Anotem as dúvidas, os pontos que vocês não compreenderam, anotem. Não estou dizendo aqui que vocês irão enviar isto para lugar algum! As dúvidas são de vocês e ficarão com vocês. Com o tempo, vocês entenderão porque estou pedindo isso. Coloquem suas dúvidas, escrevam: “Dúvidas do capítulo 1, dúvidas no capítulo 2”. Ao final de tudo, veremos como estarão essas dúvidas.

E uma outra coisa que quero deixar claro, tivemos uma meditação publicada que deverá ser feita, antes de cada capítulo. Será a mesma até o fim? Não sei! Então, enquanto não for publicada uma nova meditação, vocês continuam fazendo aquela que está lá. Garanto que não será essa até o final, mas por enquanto, será a que foi publicada junto do capítulo 1. Então, não é porque não foi publicada meditação alguma que vocês vão ler o Capítulo sem fazer a meditação.

Espero sinceramente que vocês mudem as suas posturas, respondam às perguntas, participem. Lá, mais na frente, vocês entenderão porquê isso tudo. Apenas, digo: Nenhum de vocês se arrependerá de seguir essa jornada! Nenhum! Isto eu garanto! Então, façam a jornada com muito amor, com muita vontade. Mas não com vontade de fazer valer a sua opinião! Com vontade de conseguir entender cada linha publicada, cada Decreto publicado, isto é que é o necessário, apenas isso!

Deixo vocês, hoje, com a chama violeta. Imaginem que dos seus pés, surge uma pequena chama. Respirem profundamente! A chama cresceu! Respire novamente! Ela começa a tomar o seu corpo! Respire mais uma vez! A chama tomou todo o seu corpo!

Fiquem nesta energia da minha chama violeta e continuem as suas jornadas.

Posts recentes

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Minha Experiência

Carrinho de compras