Adama – Telos II – Capítulo 16 – por Adama

Queridos irmãos! SOU ADAMA!

Hoje falaremos sobre o capítulo 16 do livro II de Telos.

Neste capítulo nosso irmão Hyrham vem ter conosco; ele é um cientista em Telos, e ele quer trazer para vocês alguns conceitos, que eu os passarei. Muitos se perguntam: “Por que a leitura destes livros está mexendo comigo?” Muitos se perguntam: “Por que a leitura deste livro me traz algumas lembranças, alguns sentimentos que eu não entendo?”

Vamos pensar o seguinte: a caminhada de evolução de cada alma é definida no momento da encarnação. Todos que estão encarnados neste momento, e me refiro aos despertos, sabem a missão que teriam no planeta neste momento. Os demais, os não despertos, também sabem que passarão por um grande passo de evolução, mas não entendem muito bem o que é. Mas estão sendo atingidos também por todas as mudanças.

Então no próprio caminhar do Todo há a história de Gaia; há o momento da ascensão de Gaia. O momento em que será permitido a humanidade ascender junto com Gaia no corpo físico. Então todo este caminho teria que ser seguido de alguma forma pelas almas também, para que em cada ponto daquela jornada do planeta, as almas encarnadas atingissem o mesmo patamar de Gaia.

De um tempo para cá, muitas verdades apareceram, muitas coisas estão sendo descobertas. Coincidência? Óbvio que não. porque uma boa parte da humanidade do próprio planeta está sendo preparada para a ascensão; almas que encarnaram especificamente com este propósito. Temos representantes em todo o planeta. Lemurianos que se conectam conosco todo o tempo para receberem as instruções de como devem agir na superfície.

Não estamos aqui apenas falando e contando histórias. Estamos agindo. Há muita ação, não apenas em Telos, mas em todas as cidades no interior do planeta, bem como, com os habitantes que estão nos seus céus. Ninguém está parado. O processo está em andamento. A ascensão de um planeta não é algo fácil e simples, e preparar o próprio planeta para esta ascensão também não é um processo fácil. Estamos todos envolvidos nele.

Para vocês, volto a repetir, em alguns pontos da jornada de Gaia vocês precisam estar, vamos colocar, numa frequência compatível com a do planeta. Então muitos ensinamentos apareceram, muitas técnicas, muitas formas de evolução foram mostradas a vocês, coisas que vocês nunca haviam vivido, proporcionando àquelas almas, que um dia viveram conosco ou em outros lugares, a lembrança exata de quem foram um dia.

Muito bem. É por isso que vocês ao lerem nossas linhas, em nossos livros, se sentem incomodados, se sentem mexidos. Eu já disse aqui, vou repetir: Não são apenas linhas em um livro. Cada um que pega o nosso livro para ler a nossa história ali tem a nossa energia, e se ela é compatível com aquela alma, aquela alma receberá essa energia. Outros poderão ler estes livros e não sentirem nada, acharem que é uma história de fantasia. Pode acontecer.

A nossa energia não foi compatível com a alma dele, porque ele não viveu conosco. São almas novas, almas que não conheceram Lemúria, nem Atlântida, nem outras intra-cidades. Então aquilo para eles não diz nada, são almas originárias do próprio planeta, que nunca viveram fora daqui. Então cada um tem aquilo que faz parte da sua caminhada. Acredito que cada um de vocês que está aqui ouvindo esta jornada, está se mexendo por dentro, está sentindo que algo muda, que algo às vezes o incomoda ou que algo às vezes o traz muita alegria.

Este é o nosso papel: Fazer chegar até vocês toda essa consciência de evolução que estamos passando. Muitos podem perguntar: “Por que as datas do livro são tão antigas em relação ao nosso mundo hoje?” É meus irmãos, houve atrasos em função da própria humanidade. Mas isso não impede de o que está escrito ali ser real hoje. Pode não ter acontecido dentro do calendário que vocês usam, mas com certeza já aconteceu e estamos nos preparando para os momentos finais.

Sabemos que em seus corações esses momentos estão bem longe ainda. Vocês não acreditam mais que eles chegarão tão breve. Mas posso lhes dizer a mudança precisa ser gradativa, não pode ser como vocês querem. Mudar todo um planeta, a consciência de todo um planeta não é um momento fácil, principalmente, quando os seus seres têm o livre arbítrio. Não podemos simplesmente fazer descer um bloco de energia e fazer acordar todo mundo de supetão. Não podemos fazer isso. Isso é preciso que seja feito gradativo para que todos suportem.

A Luz está chegando, e cada dia mais forte. E é claro que chegará um momento em que ela atingirá o seu ápice, e nesse ápice todos despertarão. Aí sim começará o grande processo, porque a separação será quase que instantânea; quem será Luz e quem não será; quem acreditará e quem não acreditará, ou quem se deixará envolver e quem não se deixará envolver.

Então apenas acreditem: Tudo está sendo feito para que o processo seja o mais leve possível para cada habitante e para cada alma. Entendemos que vocês querem que tudo aconteça logo, mas vocês mesmos estão prontos? Eu respondo: Não, ainda não estão. Poucos estão prontos. Vocês ainda precisam passar por um processo de limpeza bem fundo, bem profundo, para que possam atingir aquele percentual necessário.

Não queiram ultrapassar o tempo. O tempo para nós não existe, mas tudo está acontecendo dentro do planejado. Não há mais atrasos porque não dependemos mais da energia humana no planeta. Esta fase acabou. Agora, Gaia está indo na sua velocidade. Quem quiser ir com ela apenas abra o coração e tudo acontecerá da forma mais tranquila que vocês possam imaginar.

Posts recentes

1 comentário em “Adama – Telos II – Capítulo 16 – por Adama”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Carrinho de compras