Hilarion – Jornada do Perdão – Quarta Volta

Queridos irmãos do planeta Terra! SOU HILARION!

Mais uma vez estou aqui participando desta Jornada do Perdão. Como sempre vou repetir o que já tenho dito, o Raio Verde vem para curar, para sarar, cicatrizar, preencher, todos os espaços que foram arrancados de sua alma como bloqueios. Tudo o que é limpo de suas Almas, deixa um espaço vazio, porque ali tinha uma energia de baixa vibração, uma energia densa, uma energia de dor, de sofrimento, de maldade, não importa; uma energia de baixa vibração, a que costumamos chamar de bloqueio. Quando esta energia é limpa é como se ficasse um grande buraco e a função do Raio Verde é exatamente recuperar, regenerar, curar, cicatrizar, aquele espaço, trazendo uma nova vibração, uma energia de Luz para aquele local.

É interessante, a forma como cada um de vocês recebe o que fazemos. Quando dissemos que vocês precisam ver, precisam participar, precisam interagir, e isto não acontece, vocês se desesperam, vocês querem resolver, tomam atitudes até estranhas, contestando o que é dito. Chegamos nesta volta, onde nada pedimos, e sempre tem aqueles que pensam: “Não está acontecendo nada. Eu não estou vendo nada. O que está sendo feito?”

Efetivamente, tentar entender a mente de vocês é algo extremamente complexo. O ser humano, pelo seu livre arbítrio, aprendeu a contestar tudo, aprendeu a não acreditar em nada que não esteja à sua frente. Se não vê, se não ouve, se não sente, não existe. Nada está ali. É realmente um contraponto, uma contestação interessante que vocês fazem, mas eu posso dizer que não estamos preocupados com as reações de vocês.

Estamos fazendo o nosso trabalho. Almas estão sendo libertadas. Almas estão sendo levadas para fora do planeta. Almas estão aprendendo a amar novamente. Almas estão evoluindo. E este é o nosso papel. Isto é parte do trabalho que estamos fazendo com vocês. Então não nos importa o que vocês acham ou deixam de achar. Agora, que fique muito claro, vou repetir o que tem sido dito aqui: A cada contestação, a cada não crença, tudo se acaba, tudo se esvai; é como se você com um só pensamento destruísse todo o caminho que você fez. Porque você duvidou, você não acreditou, você contestou.

Então para que continuar? Pare, e siga o seu caminho contestando tudo o que está à sua frente. Você tem o seu livre arbítrio. Faça uso dele, mas eu lhe aviso: Não continue, porque você não trará nada de bom para você. Não trará nada ruim, porque não fazemos mal a ninguém, não castigamos ninguém; agora não trará nada de bom. Você não estará ajudando nem a você nem a alma nenhuma, porque se você não acredita no que é feito, por que está fazendo?

Então pare. Seja coerente com suas próprias dúvidas. Se você não acredita, então para que faz? Não adianta de nada. Haverá o dia, assim esperamos, que vocês passarão a crer sem ver, sem ouvir, sem sentir, apenas sabendo que ali tem algo, ali tem Luz, ali tem um ser amoroso, ali tem uma estrada; e neste dia todos nós reunidos, bateremos palmas para cada um de vocês, porque neste momento vocês estarão prontos para a Quinta Dimensão.

Até lá, a caminhada ainda é longa. Vocês ainda terão que passar por muitos percalços para provarem a vocês mesmos que vocês estão prontos. Vocês não têm que provar nada a nós, vocês precisam provar a vocês mesmos. O nosso papel nós estamos fazendo, e cada um de vocês está seguindo a caminhada de duas 2 formas: Ou acreditando em tudo o que é dito e se empenhando em cumprir, ou duvidando, não acreditando.

Não tem meio termo. Não tenho o…: ora eu acredito, ora não acredito. Uma simples dúvida destrói tudo. A dúvida é um sentimento muito poderoso. Ela tem uma carga negativa muito grande que destrói toda a caminhada que vocês já fizeram. Então se a dúvida está aparecendo em seu coração, pare e reflita, como você está na jornada? Acreditando ou não. Faça esta reflexão. Talvez este momento não seja o seu momento; talvez você precise ainda trilhar outros caminhos até refazer a jornada toda.

Você poderá reiniciar a jornada quando quiser. Então faça uma análise do que você está sentindo hoje, agora. Como você está se comportando perante a jornada? Se entregando a ela, acreditando em tudo, vivendo cada momento ou simplesmente participando por participar, porque nada vê, nada ouve, nada sente? Esta é uma pergunta que eu faço e deixo aqui hoje, a cada um de vocês. Como você está nesta jornada?

Perdoando efetivamente ou isto está sendo muito difícil de acreditar que algo possa estar acontecendo, mas que a resposta venha do coração, porque se ela vier da mente, ela virá cheia de ego, não terá validade. A resposta tem que vir do coração. Se façam essa pergunta. E mais do que nunca ouçam a resposta que vier dos seus corações.

Posts recentes

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Minha Experiência

Carrinho de compras