Lanto – Jornada do Perdão – Quinta Volta

Queridos irmãos do planeta Terra! SOU LANTO!

É com muita alegria que participo mais uma vez da Jornada do Perdão. Vamos a mais uma volta, uma volta extremamente importante, pela libertação das almas, de conexões, que neste momento da caminhada de cada uma delas, não faz mais o menor sentido. Por que libertar as almas, por que quebrar estas conexões?

Tudo neste planeta tem as duas vertentes: têm os sentimentos positivos, que são aqueles cujas antepassados gostam de passar para os que vêm adiante; sentimentos nobres de companheirismo, amizade, força para lutar, sucesso, empreendedorismo, palavras que hoje vocês começam a usar que não haviam até naquele tempo, mas cujo propósito já se fazia acontecer.

Então muitos emanam para os seus descendentes, tudo aquilo de bom que aprenderam, todas aquelas situações que valem a pena os seus descendentes terem consciência para evitar repetirem erros cometidos no passado. Se fosse somente esses sentimentos, não precisaríamos estar aqui desconectando ninguém. Mas a caminhada neste seu planeta sempre foi repleta de dualidade.

Então, ao mesmo tempo em que havia a glória, havia o sentimento do orgulho pela derrota de alguém. Ao mesmo tempo que havia a vitória, havia orgulho da morte ou das mortes de alguém. Ao mesmo tempo que havia o sucesso de ser um grande governante, havia o autoritarismo, a escravidão, sentimentos nada nobres. E podemos afirmar que há eras atrás, eram somente estes sentimentos que reinavam em seu planeta e isto foi passado por gerações.

Algumas almas que possuem uma consciência maior, conseguiram se desfazer de muitos desses sentimentos, mas outras nem tanto. Olhem para o seu mundo hoje. Cada alma que não consegue vibrar Luz, traz em sua essência a guerra, a violência, a morte. Pode ser que em gerações passadas isto não tenha acontecido, mas é como se o mundo atual tivesse um gatilho que acionasse todo este processo novamente. E muitos bárbaros de tempos atrás estão encarnados hoje em seu planeta, tentando fazer acontecer, neste mundo, nesta era, algo que sentem em seus corações que já foi feito lá atrás.

Então quando quebramos estas conexões, quebramos a fonte, a alimentação, porque cada alma que ainda possui esses sentimentos, não evoluiu ainda, ela continua reverberando os mesmos sentimentos de sempre, não importa onde neste momento ela esteja no planeta, desencarnada ou encarnada. Talvez para vocês seja um pouco complexo, vocês entenderem tantas conexões, mas elas existem e são passadas nas memórias celulares que vocês têm e na própria alma.

Então o grande objetivo aqui é quebrar estas conexões, e parar de fomentar sentimentos negativos. Perdemos os positivos? Sim, mas eles são tão mínimos em relação aos outros, que poderíamos dizer que não faz diferença. Quebrar esta onda de sentimentos nada nobres é mais importante neste momento. Então todo este processo tem como objetivo isto: parar de fomentar esses anseios, essas vontades que muitos sentem, não sabem de quem, não sabem de onde, mas que pelo gatilho da era atual, são acionados e são vividos.

Não estamos dizendo aqui que de repente o seu mundo será um mar de rosas, porque quem manda é a consciência humana e ela já está acostumada a estes sentimentos. Mas com certeza, uma grande onda de calmaria e de equilíbrio tomará conta do planeta, preparando cada um para a grande descoberta desse Novo Mundo que virá. É como se preparássemos os corações para verem de uma outra forma, não por aquela forma que é fomentada por seus antepassados.

Mais à frente vocês compreenderão facilmente tudo isso; hoje basta apenas que vocês concordem, que vocês concordem parar de receber toda esta influência. E tenham a certeza, isto fará uma imensa diferença na vibração do planeta, pois quanto menos sentimentos negativos são fomentados, mais os positivos conseguem crescer.

Não tenham medo de nada. Ninguém perderá o amor de seus pais, ninguém perderá o amor de seus avós ou bisavós, ou assim por diante. Todos continuarão amando cada um de vocês, apenas será um Amor puro, será aquele Amor sem preocupação, aquele Amor do dever cumprido, Amor simplesmente por amar; não por nada, não porque é preciso, não porque é o correto, não porque “Eu tenho que me preocupar”, não porque, “Eu tenho que ajudar”. Não, acabou isso.

A ajuda tem que vir de cada um de vocês, vocês com vocês mesmos, não com quem já foi. Quem já foi, cumpriu o seu papel, não tem mais que ajudar ninguém. Acabou, o elo entre vocês que precisa permanecer é somente o Amor. Nada mais. E não se sintam vazios, não se sintam abandonados. Porque a grande Luz está em seus corações.

Então chegou o momento de cada um de vocês olhar para dentro e encontrar Deus Pai/Mãe, encontrar seus guias, encontrar seus mestres, encontrar cada Ser de Luz que você ama. Tem uma multidão dentro do seu coração, basta que você queira acessá-la, basta que você caia lá dentro e peça um abraço, e todos nós lhe abraçaremos.

Chega, de contar com quem não vive mais aqui, vamos deixar as almas encarnadas ou não, em paz. Elas se foram e têm de ficar aonde elas estão, seja onde for, mas sem uma ligação de sofrimento ou sem uma ligação que vá atormentar vocês de qualquer forma. Isto está acabando. Ao final dos 7 dias desta volta, todas as conexões estarão encerradas.

A cada dia vocês aprenderão um pouco mais deste processo. Ele é perfeito? Não, não é. Ele tem alguns pontos de atenção que vocês conhecerão nos próximos dias. O importante é que seus corações estejam limpos, abertos, soltos, para lembrar deles apenas com Amor, sem qualquer outro tipo de sentimento; sem tristeza. Saudade? Pode sentir. Saudade, não é um sentimento ruim, desde que não lhe traga sofrimento. Porque se traz o sofrimento a você e você está ligado àquela alma, ela também sofre.

Então isto acabou. Você quer sofrer, sofrerá sozinho, aquela alma não sentirá mais o seu sofrimento. Isto é justo para com elas. A ligação física com você acabou, então por que se manter preso? Pensem bastante. Esta é uma forma bastante profunda de eliminar o ego. Esta é uma parte do ego que vocês precisam eliminar; o apego aos seus antepassados, seja em que nível for.

Posts recentes

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Minha Experiência

Carrinho de compras