Saint Germain – Nossos Presentes

Queridos filhos e filhos do planeta Terra! SOU SAINT GERMAIN!

Trazer presentes para vocês, é algo que nos traz muita alegria, mas ao mesmo tempo precisamos sempre ter muito cuidado, pois nem sempre a forma como vocês os recebem é a adequada.

É importante sempre lembrar: Não resolvemos nada; não trazemos nada; não eliminamos nada. Se ao lhes darmos presentes, algumas coisas começam a se solucionar, a se resolverem, não foi o presente que causou isso, foi a combinação da energia que trazemos com a sua própria energia. Então não coloque toda a glória em cima dos presentes. Vocês estão causando isso. A confiança, a fé, a certeza de que ali tem uma energia de altíssima vibração que lhes ajudará a conquistar o que querem. Mas sempre lembrando, aquilo que querem e que seja bom para vocês e para o Todo.

Vocês foram acostumados a colocar em imagens, em objetos, em rituais, toda uma força, toda uma certeza da solução de cada problema, como se vocês nada precisassem fazer. Coloca ali o pedido e entrega em nossas mãos; entrega àquele objeto; entrega àquela imagem, a resolução do problema. E vocês nada precisam fazer. Apenas esperar, e reclamar sempre quando não vem.

Então sinto lhes dizer que nada acontece se não há a sua intervenção. Nada acontece se não há a sua dedicação. Nada acontece se não há o seu querer. Digamos que vocês vão fazer um bolo, e aí vocês esquecem de colocar fermento no bolo. O que acontecerá? O bolo ficará minguado, do mesmo tamanho da massa que foi criada; ficará seco, ficará feio, podemos assim dizer, por que você não colocou nele aquilo que o faz crescer; aquilo que o faz ficar macio, fofo, saboroso, que foi o fermento.

Então da mesma forma é preciso que vocês coloquem a fé, a confiança, a certeza, naquilo que estão fazendo. Não é jogar para nós ou para qualquer coisa, aquilo que vocês querem. É preciso que haja a querência, mas a querência do fundo do coração. E o mais importante a querência de algo que seja bom para você e para o Todo. Não pode haver egoísmo. Não pode haver apenas o “eu”; “Isto é bom para mim!”. Não, tem que ser bom para você e para o Todo.

Então, aceitem nossos presentes, sim, claro, mas aceitem eles como uma pitada extra de fermento; não são eles que fazem o bolo crescer. Quem faz o bolo crescer são vocês. E quando a nossa energia encontra a energia de vocês, ah, aí sim é produzido um bolo fofo e saboroso, que alimentará a você e a todos. Entendem? Nada podemos fazer sozinhos.

Estamos dando a vocês a oportunidade de melhorar a massa, de fazer algo mais gostoso. Mas se vocês não colocam o fermento, de nada adianta a nossa força, o bolo não crescerá. Entendem isso? A nossa força, os nossos presentes atuam, junto com a força de vocês, junto com a energia de vocês. Digamos que os nossos presentes amplificam a energia de vocês. E se não há a energia de vocês, nada acontece, aquele presente não tem função.

Parem de jogar em nossas mãos, tudo para que nós resolvamos. Isto não existe, porque não podemos interferir no livre-arbítrio, nem na caminhada de vocês. Mas se vocês pedem algo que seja bom para vocês e para o Todo, e pedem a nossa ajuda, e efetivamente vemos que você está empenhado naquilo, ajudamos, amplificamos a sua energia para que aquilo aconteça.

Não somos nós que fazemos acontecer; é a sua energia que provocou a reação. Podemos dizer que apenas catalisamos o processo. Querer algo é querer com coração; é estar com o coração cheio de alegria, cheio de Luz, cheio de risadas, por aquilo que está sendo pedido. Pedir por pedir, não tem fermento. Pedir por algo que seja por egoísmo, não tem fermento. Pedir algo contra o próximo, nem se fala.

Pedir algo apenas para você, vai depender muito do que você está pedindo. Se o que você está pedindo para você, indiretamente será bom para o Todo, colocaremos mais a nossa energia, caso contrário, não. Então aprendam a usar os nossos presentes. Não achem que estamos dando presentes para facilitar a vida de vocês. Cada presente que damos é para amplificar aquilo que vocês estão criando; aquilo que vocês estão cocriando; aquilo que vocês estão desejando.

Não usem nossos presentes como…”Ah, vou pedir e… a energia que faça sozinha”, porque ela nada fará. Não somos garotos de recado. Não somos seus empregados. Somos seres que amplificamos a energia de vocês. Não damos nada em troca de nada. Doamos sempre, mas tem que pelo menos existir a sua energia, o seu querer, o seu coração.

Posts recentes

2 comentários em “Saint Germain – Nossos Presentes”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Minha Experiência

Carrinho de compras