Sananda – A Ilusão

Queridos filhos e filhas do planeta Terra! SOU SANANDA!

Jamais me cansarei de ser muito grato, de poder ter este instrumento para minha voz; para que eu possa falar para muitos, para que eu continue passando os meus ensinamentos. Hoje vou falar sobre algo bem interessante também, a ilusão. O que é ilusão? Pelo sentido da palavra é acreditar em algo que ainda não existe, é acreditar em algo criado pela sua mente, criado pelo seu fervor, criado pela sua vontade, pela sua querência. Posso afirmar aqui que muitas pessoas vivem iludidas em muitas situações, sempre acreditando naquele mundinho criado, para aquele foco, da forma que elas querem. Por que as pessoas se iludem? Por que não gostam de ver a verdade?

As pessoas gostam de viver num mundo que para elas é o perfeito. Então não querem ver a verdade, não querem ver exatamente aquilo que elas estão vivendo. Então elas criam uma fantasia e para muitas, a fantasia chega a ser tão real, que elas efetivamente acreditam que aquilo acontece. Se alguém contestá-las, se alguém confrontá-las a respeito, elas brigarão com toda a força, afirmando que aquilo efetivamente acontece; tamanha é a ilusão criada naquele contexto. A ilusão poderia se dizer, que é uma fuga sim, é uma fuga. A fuga do enfrentamento dos problemas, a fuga do enfrentamento da verdade.

Hoje no seu mundo, a grande maioria vive uma grande ilusão, onde por mais que percebam que tem algo errado, que as coisas não estão se encaixando, afirmam que este mundo que está aí, é o que elas vivem, e é o que é o verdadeiro; não há outro mundo. E por que elas pensam assim? Pensam pelo medo; o medo de enfrentar aquilo que não conhecem; o medo de enfrentar mais sofrimento, além do que elas já tem. Então sofrer um sofrimento conhecido é aceitável, porque já se sabe o tamanho da dor; agora, se abrir para mais sofrimentos, e estes tão desconhecidos que não se saberá o tamanho da dor; não, isto não; isto não pode ser feito.

“Então é melhor viver numa ilusão, mas numa ilusão num mundo em que eu conheço o que eu vivo, em que eu conheço que eu sofro, o que sempre eu terei; do que viver num mundo que nada sei, do que me abrir para o mundo que eu não sei o que virá”. Assim pensa a grande maioria, hoje. Não pensem que todo o planeta está insensível e sem reconhecer, que algo está mudando. Todos sentem isto, todos reconhecem que o planeta está passando por um momento de transformação, mas não aceitam. Preferem continuar vivendo, num mundo criado por elas, onde tudo é conhecido, onde não há surpresas, nem boas, mas também não tem surpresas ruins. Então continuam vivendo numa ilusão, continuam vivendo num mundo de fantasia, num mundo de faz de conta. Mesmo sendo um mundo dolorido, um mundo feio, um mundo ruim. “Mas tudo isso já é sabido, tudo isso já é vivido há muito tempo, por que arriscar mudar, por que arriscar ter mais sofrimento?”

É interessante a forma como estas pessoas veem a realidade. Elas nunca veem a realidade, como uma esperança, como um mundo de luz, como a alegria, como felicidade, como momentos amorosos, realizações, sucesso. Não, elas só veem sempre, como mais negatividade, como mais sofrimento, como mais experiências ruins. Então elas se isolam, dentro do seu mundo de ilusão. Vocês podem condenar essas pessoas? Eu diria que não! Condenar, julgar, não são bons sentimentos; então não façam. Se vocês são pessoas corajosas, que não gostam da ilusão, que gostam de viver a verdade; e que não se importam das lições que virão pela frente, vocês já passaram por muita coisa e conseguiram ver, que no mundo fora da ilusão existem coisas melhores, existe uma evolução, existe um novo caminho e vocês acreditaram nisso. E se abriram para o novo, se abriram para tudo isso que vocês estão vivendo. E que mesmo vocês, sim muitos de vocês, não acham nada de diferente do que vocês viviam antes, pelo contrário, as coisas estão parecendo que se tornam piores a cada dia.

Viver num mundo de ilusão é jogar tudo para debaixo do tapete. E foi o que vocês fizeram durante muito tempo. Todos os habitantes desse planeta, sabiam que estavam errados, sabiam que algo ali não estava batendo, mas preferiram se calar; preferiram se acomodar; preferiram compactuar com quem estava ali, por conveniência, por puro ego, por ter aquela certeza de que nada adiantaria ser um só para mudar o todo. E vocês acumularam muita sujeira embaixo do tapete, ao longo de muito tempo.

Então hoje, este mundo que vocês também que estão despertos, e que se abrem para viver o que vier, está do jeito que está, exatamente porque os tapetes foram levantados. As máscaras estão caindo, eu posso até afirmar que todas já caíram. Tudo está muito claro, muito transparente e tudo que está aparecendo, não é coisa nova como muitos acham e acreditam. Tudo o que está aparecendo, estava escondido mas sempre existiu, apenas estava lá embaixo do tapete. E a Luz chegou como um grande rodamoinho, que saiu levantando tudo isso; saiu espalhando tudo que estava no chão e que escondia tanta coisa feia, tanta coisa velha. E agora vocês estão tendo que lidar com esta sujeira e esta poeira toda.

E o que é essa poeira, essa sujeira? Tudo aquilo que vocês geraram, tudo aquilo que vocês compactuaram, tudo aquilo que vocês não quiseram enfrentar e jogaram para debaixo do tapete. Então não reclamem, de estarem tendo que conviver com toda a sujeira que está aparecendo. E aí o que acontece com aqueles que vivem na ilusão? Eles se fecham cada vez mais no mundinho deles. Porque quando eles tentam botar a cabeça para fora daquele mundo e olham para o lado de cá, o que eles veem? Eles estão vendo esperança, eles estão vendo mudanças? Se eles forem pessoas negativistas, pelo contrário, verão mais sofrimento, verão mais dor. Então rapidamente eles se recolhem naquele mundo de ilusão e se recusam a vir para o lado de fora, para vir para o mundo real, para viver o que vocês estão vivendo.

Toda mudança gera desconforto, gera desorganização, gera principalmente limpeza, gera pânico pelo novo, gera medo pelo desconhecido. Toda mudança arrebata com ela, todos os sentimentos existentes, desde o mais inferior até o mais superior. Então posso dizer, que quem não vive no mundo de ilusão, quem vive a verdade, transita por esta linha de sentimentos todo o tempo. Ora vocês estão tristes, ora vocês estão felizes, ora vocês, ora vocês estão pensativos, ora estão com dúvidas, ora estão felizes, ora estão com certezas; vocês transitam o tempo todo por esta linha. Então, como que vocês podem apontar o dedo para quem vive na ilusão?

Eles não têm a coragem de vocês, de ficarem andando para lá e para cá. Eles querem viver no mundo que eles conhecem e que estão já condicionados a viver. Então muitos se perguntam, por que que o restante do planeta não acorda, não desperta para este mundo novo? Porque eles não têm coragem de largar o sofrimento que já têm, para assumirem outros sofrimentos. Porque não podemos negar, que ao romper a bolha da ilusão, eles serão deparados com muita coisa, que terão que tratar. E que trará sim, mudanças, tomadas de posição, às vezes sofrimentos; mas que será para o bem deles. Mas eles não querem isso, querem permanecer aonde estão.

Então não cobrem tanto, daqueles que não querem acordar. Não fiquem sentindo muitas vezes raiva, daqueles que não despertam, eles não são fortes como vocês. E qual será a única maneira deles despertarem? Quando eles descobrirem, que todo aquele sofrimento que eles vivem e viveram durante tanto tempo, foi imposto à eles, foi pura manipulação, foi premeditado, foi organizado, foi definido, sem dó e sem piedade. Aí neste caso a revolta fará com que eles larguem tudo. Porque esse será o sentimento, forte o bastante, para que eles rasguem suas cortinas e venham para o lado de fora.

Então vamos ver o quadro: vocês transitando ainda pela linha da felicidade e do medo, todo o tempo. Quantos vocês são? Quantos estão despertos hoje? Um terço do planeta? Com muito boa vontade podemos chegar a esse número. E o restante? Quando todos acordarem e soltarem aquela massa de revolta, de ódio, como vocês receberão essa energia toda? Se nem vocês conseguem se manter lá no alto daquela linha? Então parem de ficar perguntando, por que nada acontece? Não pensem apenas em vocês. “Ah eu já estou pronto, por que que nada acontece?” Você está realmente pronto? Eu concordo que você não vive mais numa bolha de ilusão, mas você não transita por aquela linha, para lá e para cá? Você não tem momentos de raiva? Você não tem momentos de medo? Você não tem momentos de tristeza nunca?

Porque só à quem responder: Nunca! Mas com verdade, é que eu vou dizer aqui que está realmente pronto. E já foi dito aqui, aqueles que forem se aprontando, não ficarão aqui, poderão ir, nada os impedirá. Ah, como será isso? Cada caso será um caso, a ser analisado. Então não se peguem se achando superiores, aos outros dois terços que ainda se encontram na bolha da ilusão, mas que esta bolha brevemente será rompida. O que será da energia deste planeta? Qual a solução?

Exatamente por isso que tudo está sendo feito com muito planejamento e com muito amor. Para que todas essas pessoas, que ainda irão despertar, que ainda irão romper e sair desta bolha, vejam a luz no fim do túnel. Não, um mundo pior do que aquele que elas viviam. Teremos que dar esperança à todas elas; teremos que trazer a Luz para todas elas. Para que efetivamente, por mais que elas se revoltem, elas queiram sair daquela bolha de ilusão; mas não como um sentimento de baixa vibração e sim com sentimentos de esperança e fé, em um mundo melhor.

Então percebam que o momento é delicado, o momento não é simplesmente um estalar de dedos e tudo acontecerá. Tenham paciência. O que queremos é que tudo aconteça com a menor taxa de desequilíbrio possível em todo processo. E é isso que estamos testando, e quando encontrarmos o ponto correto, não haverá mais do que esperar, tudo acontecerá. Por isso que sempre falamos: não se apeguem a datas, porque datas são muito variáveis em todo este processo.

Toda nossa ação depende de decisões dos seus próprios governos. Se um governo toma uma decisão contrária ao que queremos, tenham certeza, atrasa bastante o processo. Mas eles têm esse poder, e o povo seguirá o que seu governante disser. Então as estratégias vão sendo mudadas a cada dia; as formas de como fazer, mudam a cada segundo. E o nosso objetivo é chegar ao ponto de equilíbrio, em que tudo acontecerá da forma mais amena possível.

Não se arrependam de terem saído de suas bolhas de ilusão, porque vocês avançaram, estão mais perto da evolução do que quem virá lá atrás. Vocês já passaram por muita coisa, já aprenderam muita coisa; que quem virá lá atrás, terá que aprender na marra. Porque não haverá tempo para tanto aprendizado. E será neste momento, que efetivamente separaremos o joio do trigo. E quem tiver condições, ascenderá. E quem não tiver, não ficará no planeta. Espero que vocês entendam o que estamos tentando fazer e continuem confiando.

Ninguém está parado, trabalhamos todo o tempo. Quisera que vocês pudessem saber, um décimo do que acontece num dia, em 24 horas do seu planeta na nossa visão. Talvez vocês entendessem, o quão é difícil fazer alguma coisa ter o maior percentual de sucesso. Mas um dia vocês saberão, apenas queremos que vocês se mantenham confiantes. E evitem ao máximo, transitar no lado negativo daquela linha. Pois quem tem fé, quem tem confiança, não se permite andar pelo lado negativo dela.

Posts recentes

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Minha Experiência

Carrinho de compras