Sananda – Não Abandonamos Vocês

Queridos filhos e filhas do planeta Terra! SOU SANANDA!

Mais uma vez é com muita alegria que venho estar com vocês. Não posso dizer que meu coração está em festa, mas também não posso dizer a vocês que percam a esperança nem a fé. Cada projeto, cada trabalho, ao qual temos que executar, traz sempre consigo pedras, obstáculos, barreiras no caminho. Não que aquilo seja uma determinação de Deus Pai/Mãe. Deus Pai/Mãe na verdade, gostaria que vocês não sofressem, não sentissem dor, não passassem nenhum tipo de necessidade; porém, cada passo dado na existência de cada alma, gera uma energia. Esta energia é circular, ela é gerada e volta, num tempo mais a frente, para quem a gerou.

Este é o equilíbrio deste mundo. A toda ação haverá sempre uma reação, é desta forma que o aprendizado acontece. Muitos de vocês pensam: “Acho que não aprendi nada. Ainda, tenho tantos problemas, tantos defeitos. O que na verdade minha alma aprendeu?” E aí eu respondo o seguinte: Vocês evoluíram muito. E o que é a evolução? A evolução é justamente, a percepção de que algo pode ser melhorado, e de que se algo feito não foi bom, precisa não ser mais repetido, ou vamos dizer, proibido de ser executado. Quando vocês assistem aos filmes de muito antigamente, o que vocês veem? Uma violência desmedida. Aí muitos me dirão que…”A violência continua…”, concordo, mas não naquela proporção. Hoje, apenas aqueles que não conseguiram aprender o certo, ainda praticam isso.

A grande maioria de vocês sabe que matar está errado. Alguns até têm vontade, o que energeticamente falando é a mesma coisa. Porém vocês seguem leis, seguem leis, que hoje tornam o seu mundo habitável e equilibrado. Então como que não houve evolução? Não precisam olhar encarnações muito antigas, olhem o seu próprio tempo, voltem no tempo, meia centena de anos. Como era a vida de vocês? E o que é hoje? Não, aqui eu não estou afirmando que tudo o que existe hoje é bom, eu estou comentando a evolução da raça humana. Tudo o que vocês criaram para o seu bem-estar, para ajudá-los nas tarefas… Não estou aqui colocando se é bom ou ruim, quero mostrar apenas a evolução.

Vocês não podem negar que evoluíram; e muito. Apenas podemos dizer, que é uma evolução que visa apenas o prazer do corpo, não da alma. A alma ficou de lado. Ah sim, vocês têm as religiões; religiões estas que só separam, não agregam, discriminam, apontam o dedo. Então onde está o tratamento da alma aí? Não há. Então, vocês evoluíram para ter cada vez mais dependência do prazer efêmero e do prazer que traz prejuízo ao corpo; mas vocês evoluíram. O papel da mulher hoje neste mundo, está voltando a ser aquele papel definido por Deus Pai/Mãe, não há mais a submissão que havia até pouco tempo atrás. Mas infelizmente isso também veio com desequilíbrio, porque a carga ficou em excesso para as mulheres.

Então ainda há muito o que aprender no seu mundo. Vocês evoluíram sim, da forma correta? Não, mas evoluíram. Nós podemos perceber claramente esta evolução. O único ponto realmente preocupante é que vocês estão voltando àquela violência desmedida dos tempos anteriores, onde não havia amor, respeito; havia apenas poder; havia apenas a decisão de um único ser humano, onde ele poderia ordenar que os seus exércitos marchassem para destruir milhares de outras pessoas. E a guerra era corpo a corpo. Quem vencia? Eu diria que ninguém, porque ambos os lados perdiam. Podia ser que um dos lados se declarasse vitorioso, mas de quem realmente foi a vitória? A vitória seria se lutasse e não perdesse nenhum soldado, mas isto não acontecia.

Então este sentimento do poder, de estar atrás de uma mesa dando ordens e mandando outros para o campo de batalha, continua até hoje. Apenas agora, vocês matam não mais corpo a corpo, matam com armas, armas extremamente potentes que destroem facilmente milhares de pessoas. E é neste sentido que a sua humanidade se colocou. Todas as nossas ações se armaram. Todas podem que ganhar num suposto incentivo a defender o seu território. Que território? Ninguém é dono de nada, mas a ganância, o poder de se declarar dono do local e das pessoas, faz com que vocês entrem em guerra. E todo o planeta está respirando esta sensação novamente. Apenas, nem tudo é o que parece.

Antigamente, em tempos muito longínquos as informações sobre a guerra demoravam a ser proclamadas por todas as regiões. Hoje vocês podem ver no tempo real em que está acontecendo, e é claro que isto torna a guerra muito mais violenta e muito mais danosa. Não apenas pelo que vocês estão vendo, mas pela energia que é emanada por aquelas imagens que são mostradas. Não acreditem em tudo que vocês verem. Muita coisa que está chegando ao resto do mundo é mentira, já aconteceu há muito tempo atrás, está apenas sendo repetido para que toda a humanidade cresça o medo de uma nova guerra mundial. E isto está sendo já fomentado pelas notícias.

Então vou refrescar a mente de vocês. Quando decidi que libertaríamos este planeta daqueles que tinham este intento há muito tempo atrás, foi exatamente com este objetivo: evitar que o planeta fosse destruído e vocês sucumbissem. Lembram disso? Por que houve a intervenção no planeta Terra? Primeiro porque chegou o momento de acabar com a escravidão que vocês estavam, destes povos que aqui chegaram e dominaram o planeta e os afastaram da Fonte; e cujo objetivo maior era exatamente esse, destruir o planeta, abalar o universo.

Então eu pergunto a vocês: Todo este processo que foi feito e que já acontece há muitos anos, foi para quê? Para agora chegarmos e olharmos isso tudo e ficarmos totalmente apáticos, parados, olhando acontecer? Não somos tão tolos quanto vocês estão nos colocando. Há muito já dissemos que não há mais armas nucleares, todas foram destruídas. Há muito já dissemos isso. Se entramos aqui para evitar isto, seríamos bobos e ingênuos o bastante para deixarmos tudo funcionando? Já estamos aqui há bom tempo e eles sabem disso. Os líderes não estão mais no planeta, quem está aqui são os lacaios que serviram a eles por muito tempo, e que ainda são os donos… sim eles se acham donos do planeta.

Tentativas existirão sempre, porque eles não admitem que perderam, eles vão tentar de tudo. Agora cabe a vocês que conhecem toda a história desde o início, fazerem uma escolha: acreditar no que está sendo mostrado ou acreditar no que tem sido dito desde o começo. Em quem vocês vão acreditar? Quem manipula as notícias? Qual é a fonte maior das notícias que vocês recebem? Pensem a respeito. Existe muita coisa por trás de tudo isto que está acontecendo, que vocês não têm ideia. Não estamos dizendo com isso que concordamos com o que está acontecendo, só estamos pedindo a vocês que não entrem nesta energia. Já basta o restante do planeta respirando o medo de uma guerra final. Vocês acham que não sabíamos disso? Vocês acham que não foi previsto isso?

Gostaríamos que todos vocês confiassem mais em nós, e não se deixassem levar por cenas manipuladas que vocês estão recebendo. O conflito existe, não é mentira, mas as razões e as formas e os meios, não são os que são mostrados. Espero sinceramente, que a raça humana aprenda algo com este conflito. A união entre os povos deveria ser pela paz, não pela guerra. Unir-se diplomaticamente para trazer a paz, não armar mais para continuar a guerra. Percebam o que está acontecendo. Quando você quer a paz, você levanta a bandeira branca, não envia uma bomba.

Então olhem atentamente o que aqueles que dizem que buscam a paz estão fazendo, e quem são os que estão de frente em todo este processo? Quem são? Os grandes poderosos do seu planeta, aqueles cujos líderes e governantes, são exatamente os representantes dos seus escravizadores. Nada poderíamos esperar de diferente.

Vocês nos perguntam, até onde eles irão? E eu respondo: Até onde a humanidade quiser. Nada podemos fazer. A humanidade precisa se levantar contra a guerra, pela paz. A humanidade tem que gritar não. A humanidade precisa se levantar e dizer basta. Não seremos nós a fazer isso. São vocês aqueles que precisam tomar as rédeas da situação, não nós.

Não há armas nucleares ativas, não há, isto é blefe. Agora, e muito importante, eles sabem disso. Então tenham muito cuidado com o que vocês estão sentindo e emanando. Façam um grande levante pela paz. Não tomem partido de lado algum. Ninguém tem razão. Não cabe a vocês também julgar ninguém. Façam um levante pela paz. Gritem: Queremos paz, não guerra. Gritem: Queremos paz, não guerra. São vocês que precisam tomar a frente. Gritem pela paz, não pela guerra. E continuamos dizendo: O mundo cairá lá fora e você cairá de pé. Se você se concentrar naquilo que é preciso nesse momento, que é o seu caminho, a sua caminhada. Dificuldades virão, sim, tudo tem um resultado; mas faz parte do processo.

A vida no planeta se tornará cada vez mais difícil, não estamos iludindo vocês. Então o que vocês precisam fazer é focar na caminhada de vocês, para que chegue o momento em que você possa efetivamente ascender para a Quinta Dimensão. E todo o resto que ficou aqui vibrando guerra, vibrando ódio, continue aonde está; e com certeza continuará. Façam as suas caminhadas de Luz, de amor. Existem mortes e sofrimento. Não cabe a vocês sofrerem a dor do outro. O momento, eu já disse isso, é um momento egoísta, cada um pensar em si. Porque quem se deixar levar por todo este mar de medo e de pavor, vai se misturar com eles, e será muito difícil vocês retomarem o caminho para a ascensão.

Então concentrem-se em suas caminhadas, nada mais. O que vamos fazer ou vamos deixar de fazer, não esperem que venhamos aqui dizer a vocês nenhum do ponto. Não estamos parados. O tabuleiro continua aberto em cima da mesa e todos nós reunidos em torno dela. Não abandonamos vocês, não abandonamos este planeta e nem o faremos. Este planeta vai ascender, este planeta não será destruído, e quem estiver pronto vai ascender junto com ele. Precisamos que vocês acreditem nisso. O que acontecerá amanhã é problema do amanhã. Viva o hoje, o agora, o momento, e se mantenham vibrando apenas Luz.

Posts recentes

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Minha Experiência

Carrinho de compras