Siriano – Outras Visões sobre os Animais

Queridos irmãos do planeta Terra! SOU REMO, um irmão Siriano.

É com muita alegria que posso vir até vocês hoje, trazendo a consciência, trazendo o Amor, trazendo a nossa experiência em relação aos animais.

Quando Deus Pai/Mãe povoou a Terra, trouxemos muitos espécimes; muitos foram criados aqui mesmo neste planeta, para que pudessem ser o equilíbrio, para tratar a terra, para manter o ar puro. Muitos microrganismos que vocês não veem, fazem um trabalho magnífico de equilíbrio e de limpeza de tudo aquilo que vocês produzem. Os animais andavam aqui com alegria, com respeito uns pelos outros; nenhum animal era carnívoro, todos se alimentavam com o que saía da terra. Quando a consciência caiu para os humanos, caiu também para os animais, porque eles se tornaram mais um instrumento para o medo, para os ataques e passaram a ser temidos e odiados por muitos.

Este período está chegando ao fim, onde os animais que vocês encontrarão na Quinta Dimensão serão livres, Amorosos e harmoniosos como um dia foram. O que acontecerá com aqueles que estão aqui? Esta é uma resposta que, neste momento, ela ainda não pode ser dada. Mas eu gostaria de falar um pouco sobre o que um animal representa.

Ele não é algo de 4 patas ou de 2 patas ou de muitas patinhas, que simplesmente andam pelo seu planeta. Ele tem uma função, cada animal, cada um foi trazido para cá com uma função, com um objetivo: o equilíbrio, manter o equilíbrio neste planeta. Aí muitos vão se perguntar: “Mas como manter o equilíbrio, se não havia uns comendo os outros? Não havia desequilíbrio em tantos nascimentos?” Eu digo que não, porque tudo estava em equilíbrio.

As fêmeas procriavam quando aquele ponto do planeta precisava ser povoado, quando não, não acontecia. Então tudo era muito bem elaborado, muito bem planejado por todos nós. E não pensem que fazíamos qualquer tipo de intervenção no animal, nunca fizemos isso. Nunca nem forçamos um animal a procriar, nem nunca impedimos um animal de procriar, apenas eles eram deslocados para que habitassem novos pontos do planeta e o próprio ciclo de nascimento, crescimento e morte era respeitado.

Então para que um ponto crescesse, fosse povoado por um grupo de animais, naquele momento um outro grupo já estaria morrendo, pelo tempo de vida de cada um. Não fosse assim, todos os animais teriam o mesmo tempo de vida, e aí sim, traria o desequilíbrio. Tudo foi muito bem planejado, meus irmãos. Deus Pai/Mãe não brinca em serviço, ele sabe exatamente o que deseja e o que precisa fazer.

Mas vamos falar dos seus animais hoje. Muitos respeitam, muitos gostam, mas muitos os abatem por prazer, por mostrar quem tem a melhor pontaria. E eu digo a cada um de vocês que um dia matou um animal desta forma, que esta energia voltará para você; se ainda não voltou. Porque ali tem um ser vivo de Deus Pai/Mãe. Não importa que ele tenha o ímpeto de lhe atacar; se ele está tentando lhe atacar é porque você está na casa dele. Os animais foram deixados na floresta. Vocês ficam nas cidades e eles na floresta.

Ali, mesmo dentro do desequilíbrio de hoje em que eles precisam matar para sobreviver, eles encontram alimento e não precisam sair da floresta. Agora, vocês dizimam as florestas, vocês derrubam as árvores… o que acontece com eles? Eles ficam sem caça, ficam sem ter o que comer e começam a atacar o homem porque veem ali, apenas algo que pode matar a sua fome, não vê um humano, vê uma caça.

Então vocês desequilibraram tudo, vocês tornaram os animais mais ferozes do que efetivamente eles foram um dia. E a falta de respeito, todo o processo que vocês usam para mantê-los, até em cativeiro, para que vocês possam ficar olhando como eles se comportam, foi crescendo ao longo do tempo. Muitos tiveram consciência e suas próprias leis hoje já proíbem muitas coisas, mas isto não é no planeta todo. Muitos ainda acham que animal é animal e pode fazer com ele o que quiser, que ali tem um ser que não pensa, não sente dor, não tem vontade e que você como humano superior a ele, pode fazer com ele o que quiser.

Eu lhe digo, em que você é superior a ele? Porque você tem consciência, porque você fala, porque você vive em sociedade? Os animais também têm consciência, também vivem em sociedade e dentro do mundo deles, eles falam também. Então por que você se acha tão superior? Por que você se acha no direito de matar um animal, apenas por prazer? Submetê-lo para que ele carregue suas coisas, não respeitando o limite do próprio animal, fazendo com que ele produza coisas do seu corpo além do que ele pode, trazendo sofrimento e dor.

Ah, mas o seu bolso fica cheio! A abundância vem. Então eu lhe digo: Esta abundância que sempre veio, muito em breve irá embora, você não terá mais nada. Porque os animais serão livres, serão libertados neste planeta, e aqueles que os usarem para o seu próprio benefício, perderão tudo, não terão mais nada. “Ah, mas isto é injusto de Deus Pai/Mãe porque nunca soubemos disso!” Eu digo a cada um de vocês: A consciência já está implantada em suas mentes e lá no fundo do seu coração, você sabe que o que faz é errado, que levar um animal à morte sabendo que ele vai morrer, isto não pode ser bom nem para ele nem para quem consome o que ele produz.

Mas você insiste porque ele é apenas um animal, não é? Ele não tem dor, ele não tem sentimento, dentro do seu conceito, porque ele coloca todo o seu medo, o seu pavor, naquilo que você consumirá depois, que aliás não era para ser consumido.

Então você consome algo que não era para ser consumido e ainda o consome com uma carga de energia de dor, de pânico imensa. Isto não fará bem ao seu corpo, fará? Acredito que você compreende que não.

Então não estou aqui apavorando ninguém, estou sendo verdadeiro. Os animais neste planeta serão libertados, serão livres, não serão mais levados para abate, não serão mais contaminados com seus antibióticos e hormônios para produzirem mais e mais e mais, independente de se seus corpos aguentam ou não.

Vocês acham lindo ter um animal preso numa gaiola e acham que ele está cantando para vocês. Ele não está cantando, dentro da linguagem dele, ele está gritando, pedindo ajuda, pedindo alguém que o tire dali. porque a liberdade dele foi tolhida, porque você acha bonito ele gritar dentro da gaiola, porque ele não canta, ele grita. E muitos aqui acham isso maravilhoso, ter vários pendurados por suas varandas e casas apenas para ouvir o canto deles. Volto a repetir: Dentro da linguagem deles, não é um canto, é um apelo de ajuda para que sejam libertados. Estes também serão libertados.

Então faça a sua parte nesse momento, os liberte para que você não os veja ir embora; liberte-os hoje, agora. Você gostaria de viver numa gaiola, pulando num espaço pequeno? “Ah, mas eu sou humano” O sentimento é o mesmo, a privação da liberdade. Vocês adotaram alguns animais como domésticos, animais preparados exatamente para isso, porque levam com eles uma energia de proteção e de Luz. Mas vocês estão extrapolando até a natureza. Nem todos os animais foram feitos para serem domesticados, mas vocês acham que podem domesticar qualquer animal, tirando ele da natureza, tirando ele do convívio do restante do seu grupo, apenas para mantê-lo junto a vocês.

“Ah, mas eu o crio com Amor!” Você o está privando da liberdade da raça dele, você não é a raça dele; ele não tem amigos, ele tem um humano como amigo. Isto está certo? Não, não está. Ele não foi feito para viver dentro de casa. Os animais que podem ser domesticados vocês sabem quais são, eles se adaptam muito bem ao humano: os cachorros e os gatos. Ambos possuem funções muito bem planejadas e implantadas para proteger aqueles que os amam e quando digo proteger, digo no amplo espectro da palavra. Estes sim foram feitos para isso, para que vocês os tenham próximos a vocês.

Agora também trazendo eles com muito Amor, não para o ataque, não para proteção daquilo que é seu, para atacar um outro irmão; isto está errado, e você também receberá de volta toda essa energia que você colocou nele. Porque ali tem um Ser de Luz, que você manipulou, você tornou ele um ser das sombras, que ataca, que mata. Então isso virá contra você, tenha certeza disso.

Muitos aqui estão horrorizados com o que eu estou falando. Se eu estou provocando este tipo de sentimento, fico muito feliz com isso, porque é esta a minha ideia. Mostrar a vocês o quanto vocês estão errando ainda, que a suposta consciência que vocês têm em relação aos animais, ainda está muito longe de ser a consciência perfeita.

Vocês acham que podem pegar um animal e descartá-lo, como se descarta uma roupa velha ou uma roupa que vocês não querem mais, jogando eles em qualquer lugar, fazendo-os passar fome e frio; isto também voltará para vocês. Nunca se esqueçam, que qualquer ação contra um ser humano ou um animal ou ao planeta, voltará, de alguma forma voltará. Nada passa impune, nada fica sem retorno.

Vocês estão passando por muitas doenças, que vêm de seres da floresta e por quê? Porque dizimaram as florestas; os seres não têm mais aonde habitar, então eles vêm para as cidades e contaminam vocês com doenças que seriam próprias da floresta.

E voltando a falar naquele equilíbrio: É exatamente assim que o equilíbrio é mantido. Alguns animais adoecem e morrem mantendo o equilíbrio, mas o humano invadiu as florestas, derrubou as florestas. O que acontece?

Então eu gostaria de deixar no coração de cada um, uma semente, uma semente de Amor pelos animais. E não importa qual animal, não importa se é um animal lindo ou asqueroso; é um animal, é um ser que tem vida. Não, não me respondam que ele não tem consciência; todo ser vivo tem consciência, até uma flor, ela sabe a hora de abrir e a hora de morrer. Ela não tem consciência? Ela tem.

Não queiram comparar o que está a sua volta com você. Você é um ser específico dentro da sua raça e cada animal também é um ser específico dentro da raça dele. Então todos têm consciência, todos têm inteligência. Aprendam a amar os animais. E para finalizar, eu digo apenas uma coisa: Quando o animal asqueroso, nojento como vocês chamam, penetra em suas casas, ele está lhe trazendo um recado: “Estou aqui porque a sua energia não está boa. Limpe sua casa” E não é uma limpeza física é uma limpeza energética.

Então sejam gratos quando um animal desses aparecer. Ah, mas vocês não sabem lidar com eles, precisam matá-los. Se for essencialmente necessário, peçam perdão a ele por ter que fazer aquilo, por não ser capaz de fazê-lo ir embora. Então peçam perdão e aquela energia será dissipada. Muitos aqui estão rindo do que eu estou falando. Continuem rindo e num futuro muito próximo, vocês verão tudo o que eu estou falando. E aí vamos ver se você terá coragem de rir, porque a sua consciência estará muitas vezes mais expandida e você saberá exatamente, e sentirá todo o retorno de cada ação que você fez contra qualquer ser vivo.

Posts recentes

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Minha Experiência

Carrinho de compras